set
1
2020

SOBRAL -Eleições 2020: Galera que apoia o presidente Bolsonaro chega pesado para a disputa de vaga no legislativo sobralense.

Mudança e renovação. Isso é o que pretende o eleitor sobralense para o próximo pleito municipal. Militares e conservadores surgem para fazer a diferença nas eleições municipais deste ano. A onda conservadora bolsonarista se espalhou em todo o país desde as eleições de 2018, e não será diferente em Sobral, no norte do Ceará.
O município de 208 mil habitantes tem cerca de 140 mil eleitores, segundo o site do TRE CE. De acordo com o IBGE, 90% da população sobralense é cristã. Essa promete ser uma campanha atípica devido a pandemia. Quem domina as redes sociais deve ter vantagem na captação de apoio do eleitorado. Pelo menos 30% dos atuais vereadores de Sobral já declararam não tentar a reeleição este ano, alguns deles vão lançar parentes e tentar transferir seus votos. Com a mobilização popular pela mudança, vereadores antigos no legislativo municipal e sem projetos expressivos, podem não ser reeleitos.
Os militares e conservadores defensores da família e dos direitos da criança e do adolescente surgem com força para tentar ocupar espaço no poder legislativo municipal. Além do vereador sargento Ailton que vai tentar a sua reeleição, a Câmara de Sobral poderá ganhar mais um militar, o cabo da polícia militar Cronemberges. O pré-candidato Cronemberges terá o apoio do capitão Wagner, candidato a prefeito de Fortaleza pelo PROS. Cabo Berg chegou na Princesa do Norte em 2009, os últimos 5 anos foram servindo no Ronda de Ações Intensivas e Ostensivas (RAIO). Ednaldo, Guarda Municipal, é pré-candidato pelo PSL. A Segurança Pública vem forte com candidatos tanto na capital como no interior do Ceará.
No meio cristão conservador sobralense surgem dois fortes representantes. Os nomes são do jovem Jeová Júnior e do jornalista Wellington Macedo. Ambos defendem os valores e princípios da família e são contra a ideologia de gênero nas escolas. Se Wellington Macedo for mesmo candidato, Sobral poderá ter um vereador com força de deputado federal. Macedo foi assessor da ministra Damares Alves em 2019, tem grande influência no governo Bolsonaro e vem desempenhando um grande trabalho na defesa das crianças e adolescentes, denunciando as fraudes no ensino fundamental, os crimes de pedofilia e tirando o sono de estupradores de crianças na Zona Norte do estado.
Fonte: Sobral 24 horas.

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 25 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalha atualmente na Rádio Paraíso FM-101,1 Mhz, com o Programa FORRONEJO e em 2018 estreamos com o Programa A HORA DA NOTÍCIA, a partir das 12 hs. Participo ainda do Programa Alô Alô Zona Norte na Rádio Tupinambá de Sobral, com o quadro "moendo a notícia", onde faço comentários sobre os principais fatos da nossa política.

Deixe um comentário