maio
14
2020

CEARÁ – Sindicato dos Médicos pede que MPCE abra investigação sobre suposta fraude em atestados de óbito por coronavírus.

O Sindicato dos Médicos do Ceará entrou com Pedido de Providência, nesta quarta-feira, 13, para que o Ministério Público do Estado (MPCE) abra investigação sobre denúncias de que médicos estariam sendo pressionados a classificar mortes como “suspeitas do novo coronavírus”. A ação, divulgada pela entidade por meio de nota nesta quarta-feira, 13, ocorre após o deputado estadual André Fernandes (PSL) ter acusado o Secretário da Saúde do Ceará, Dr. Cabeto, de pressionar médicos a fraudarem laudos de óbitos para “inflar estatísticas” do novo coronavírus.

De acordo com informações da nota, a entidade estaria recebendo denúncias de que profissionais em atuação no Estado sofrem pressão, por meio de ameaças realizadas de “formas explícitas e veladas”, para atestarem óbitos que ocorrem nas unidades de atuação como em possível decorrência da Covid-19. Estaria ainda sendo inviabilizada a possibilidade de os médicos realizarem “exames mais precisos” antes de confirmarem a causa de morte do paciente.

Além do pedido de investigação, o sindicato solicitou que o MPCE criasse um “canal de comunicação específico aos médicos” para permitir que os profissionais possam relatar casos dessa natureza. De acordo com nota, o canal também serviria para que os médicos apresentem, por videoconferências ou outras formas virtuais, provas materiais.

O Ceará possui 19.156 casos confirmados, 1.389 mortes e 9.796 pessoas recuperadas de Covid-19. Os números foram atualizados na plataforma IntegraSUS, da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), hoje, 13 de maio (13/05), às 17h57min. Foram 744 novos casos e 109 mortes a mais que o registrado ontem.

Fonte:

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 25 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalha atualmente na Rádio Paraíso FM-101,1 Mhz, com o Programa FORRONEJO e em 2018 estreamos com o Programa A HORA DA NOTÍCIA, a partir das 12 hs. Participo ainda do Programa Alô Alô Zona Norte na Rádio Tupinambá de Sobral, com o quadro "moendo a notícia", onde faço comentários sobre os principais fatos da nossa política.

Deixe um comentário