dez
12
2019

SOBRAL – VERGONHOSO: Prefeitura compra 200 LIXEIRAS no valor de R$ 1.388,89 cada. Dinheiro sobrando e povo na peia.

Sem querer tirar o direito da licitude, mas é no mínimo vergonhoso. 

O Município de Sobral, que tem um povo sofrido, sem “assistência social”, com pessoas humildes morrendo, sem ter direito sequer a um “Caixão de Defunto.” Com uma “saúde pública na UTI”, com pessoas na “fila de espera” por EXAMES  e CIRURGIAS, alguns pacientes aguardando a mais de dois anos pelo atendimento.  Além das reclamações constantes da falta de medicamentos nos CSF,  ter que entender que é legítimo a compra de “LIXEIRAS” no valor de R$ 1.388,89 cada,  é no mínimo estranho.

Ressaltar que as lindas “obras”, são produzidas de ferro e com tamanho acima de 1 metro de altura, estão colocadas nas obras recém inauguradas pela Prefeitura de Sobral.

A compra se deu por licitação, através do Pregão Eletrônico 059/2019. A Secretaria de Urbanismo e Meio Ambiente de Sobral comprou 200 lixeiras pelo valor unitário de R$ 1.388,89, totalizando R$ 277.778,00. A empresa contemplada foi a MILLENIUM SERVIÇOS EIRELI – ME que está situada na Av. Jonh Sanford 2297 – Cidade Dr. José Euclides Ferreira Gomes/ Sobral-CEARÁ.

Acho que a LINHA de prioridade na prefeitura de Sobral está invertida. O POVO só presta na hora de votar.  Lamentável.

Ressaltar que nada temos contra o trabalho da empresa que produziu a “obra”. O problema consiste no gasto grandioso,  realizado por uma Prefeitura  com “prioridades” urgentes e necessárias na linha de atendimentos básicos á população carente de Sobral.

Veja abaixo o CONTRATO:

Fonte: Sobral Agora.

 

 

 

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 25 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalha atualmente na Rádio Paraíso FM-101,1 Mhz, com o Programa FORRONEJO e em 2018 estreamos com o Programa A HORA DA NOTÍCIA, a partir das 12 hs. Participo ainda do Programa Alô Alô Zona Norte na Rádio Tupinambá de Sobral, com o quadro "moendo a notícia", onde faço comentários sobre os principais fatos da nossa política.

Deixe um comentário