dez
13
2019

CEARÁ – POLÍTICA: Cid toma rédeas do PDT e prega diálogo com aliados para 2020

Um dia após se licenciar do Senado, ex-governador toma posse como presidente interino do PDT cearense, reúne alas do partido em inauguração de nova sede e dita os rumos das negociações para as sucessões municipais

A posse do senador licenciado Cid Gomes como presidente interino do PDT cearense marcou, na noite de ontem, o início para valer da pré-campanha eleitoral no Estado. Os discursos políticos deram pistas das estratégias para compor alianças nos municípios, com acenos a outras legendas.

A inauguração da nova sede do PDT, no bairro Meireles em Fortaleza, reuniu lideranças que estruturam o grupo dos ex-governadores Ciro e Cid no Estado, numa tentativa de demonstrar união.

Licenciado do Senado há dois dias, Cid assumiu, na noite de ontem, o compromisso de, no prazo de quatro meses (duração da licença), resolver pendências na base aliada, principalmente no interior.

“O PDT, diferente de alguns partidos, não tem um sentimento hegemonista. Nós não achamos que somos o único partido que presta. Nós nos esforçamos para que o PDT tenha uma boa atuação, que os nossos quadros, quando responsáveis e quando mandatários, quer seja no Parlamento quer seja no Executivo, atuem defendendo bandeiras da educação, aquilo que o PDT tem como seu ideário principal, mas nós fazemos política com aliança”, ressaltou.

O ex-governador frisou também que o objetivo das costuras para as disputas municipais é encontrar soluções com lideranças, mesmo que de outros partidos.

“Nós temos diversos aliados no Estado do Ceará e queremos preservar e, se possível, até ampliar a nossa aliança. Respeitando os partidos existentes, dando prioridade natural. O caso do Arnon (Bezerra), por exemplo, é do PTB, e é um aliado”, explicou Cid, se referindo à Prefeitura de Juazeiro do Norte, no Cariri.

O desejo de Cid é compartilhado por deputados e demais lideranças do PDT. Eles apontam a necessidade de diálogo para acalmar os ânimos entre aliados e membros do partido que desejam disputar uma mesma prefeitura.

Para o presidente da Assembleia Legislativa, e prefeiturável em Fortaleza, José Sarto (PDT), Cid saberá escolher o melhor para cada cidade.

“A ideia é tentar pacificar as questões locais. O PDT hoje tem muitos aliados, é base do Governo do Estado. E tem várias interessados no cenário eleitoral atual. Com a proibição de coligação, é preciso fortalecer a sigla para o futuro. Não teria pessoa melhor para tentar reestrutura a base do PDT do que ele (Cid)”, disse Sarto.

Sobre as divergências no PDT, Sarto indica que tudo será resolvido com “diálogo e prudência”, inclusive a escolha do candidato da sigla na Capital. Três nomes estão cotados: os secretários Élcio Batista e Samuel Dias, além do presidente da Assembleia.

Interior

Deputado estadual Marcos Sobreira, diretamente interessado na disputa eleitoral em Iguatu, confirmou que o maior desafio de Cid é conter os conflitos internos na base e “acomodar as alianças”. Assim como Marcos, outros deputados também já estão de olhos em suas bases eleitorais para as eleições de 2020. Os maiores municípios de cada região estão entre os mais visados pelos pedetistas.

De acordo com o presidente afastado do PDT, deputado federal André Figueiredo, o objetivo é emplacar mais de 70 prefeituras no Estado e cerca de 500 vereadores, além de estar presente nos 20 maiores municípios do Ceará.

Além de Fortaleza, outros municípios da Região Metropolitana são os mais ambicionados pelos pedetistas.

Em Caucaia, eles dizem que o PDT deve apoiar, novamente, Naumi Amorim (PSD) para garantir presença na base governista do município.

Sobre Maracanaú e Maranguape, ainda não há definição no PDT, mas haverá candidatura, garantem integrantes.

Novas filiações

O partido dos Ferreira Gomes está ampliando seu número de filiações entre prefeitos. Ontem, os gestores de Jaguaribara, Jaguaruana, Chorozinho e Baixio informaram que trocaram de partidos e se filiaram à sigla, em busca da reeleição. Com essas quatro novas adesões, o PDT estadual passa a comandar 56 prefeituras no Ceará, segundo a assessoria de imprensa da legenda.

Ao chegar à nova sede do PDT, Cid foi bastante tietado pelos correligionários e integrantes de outras legendas, que, mesmo em minoria, marcaram presença.

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, também no evento, afirmou que Cid vai dialogar mais com a base aliada. “O Cid, pela respeitabilidade e conhecimento do Ceará, vai conseguir unir mais as alianças do partido”, avaliou.

Essencial para Governo

O secretário da Casa Civil, Élcio Batista, falou em nome do governador Camilo Santana (PT) e disse que a parceria com o PDT tem sido muito proveitosa para o Estado, principalmente no âmbito da Educação. Atualmente, o PDT é a maior bancada da Assembleia Legislativa do Estado e integra a base do Governo.

Educação integral

Para Élcio, o Estado não teria se tornado referência em educação sem o apoio do partido, que ajudou o governador a implantar o projeto de escolas em tempo integral de Leonel Brizola (fundador do PDT). Atualmente, a rede de estadual de ensino tem 252 (35%) escolas de tempo integral.

Novo senador do CE destaca educação

No primeiro dia como senador efetivo, Prisco Bezerra (PDT), que ocupa temporariamente a vaga de Cid Gomes (PDT), foi surpreendido com convite do senador Confúcio Moura (MDB-TO) para presidir a sessão. Antes da condução dos trabalhos, Prisco fez o primeiro pronunciamento escolhendo como tema a educação. Ele destacou o resultado do Ceará como exemplo. “Nós, no Ceará, estabelecemos a escola como porta de acesso a um futuro promissor”, afirmou.

Ele apresentou números, entre eles, o de que 82 das 100 melhores escolas públicas do ensino fundamental do País são cearenses, segundo o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

“Outro dado relevante: um terço das nossas escolas oferece ensino integral. Em Fortaleza, o percentual das matrículas em tempo integral é ainda maior. Nada menos que 42% de nossas crianças na Capital passam o dia inteiro na escola”.

Ele enfatizou ainda ter orgulho de integrar a equipe “que vem transformando o Estado e nossa capital Fortaleza, ao longo dos últimos anos, em exemplo de como crescer e modernizar-se, de como avançar na educação, na saúde, na mobilidade, na habitação e na assistência à juventude”.

Ele afirmou ainda que, durante o exercício da função, defenderá valores democráticos em favor dos trabalhadores, das crianças, dos jovens e das minorias.

(Diário do Nordeste)

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 25 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalha atualmente na Rádio Paraíso FM-101,1 Mhz, com o Programa FORRONEJO e em 2018 estreamos com o Programa A HORA DA NOTÍCIA, a partir das 12 hs. Participo ainda do Programa Alô Alô Zona Norte na Rádio Tupinambá de Sobral, com o quadro "moendo a notícia", onde faço comentários sobre os principais fatos da nossa política.

Deixe um comentário