nov
11
2019

CEARÁ – CLÁSSICO “REI”: Durante briga, torcedores invadem local de prova do Enem em Fortaleza; candidatos ouviram tiros.

Imagem ilustrativa.

Relatos de invasão de torcedores e tiros minutos antes do início do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foram feitos por estudantes que estavam na Escola Municipal Martinz de Aguiar, na Rua Bernardo Pôrto, no Bairro Monte Castelo, na tarde deste domingo (10). O segundo dia do Exame aconteceu na mesma data do clássico entre Ceará e Fortaleza, na Arena Castelão. O Fortaleza venceu a partida por 1 a 0.

Um estudante de 19 anos, que estava no local para fazer a prova, afirma que por volta de 12h45, antes do fechamento do portão, teve início uma briga de torcedores de Ceará e Fortaleza em frente à unidade de ensino. “Vimos que o pessoal estava entrando para a escola, então ficamos apreensivos e assustados. Fechamos a porta da sala, colocamos uma mesa. Teve gente que achou que ia perder a vida. Muita gente continuou chorando mesmo depois que acabou. Alunos se jogaram no chão”, relata.

O candidato diz que foram momentos tensos. “Um menino foi ao banheiro quando uma galera começou a invadir a escola. Ele tentou voltar para sala, mas achávamos que era gente da torcida, e ele começou a chorar porque não conseguia entrar. Ele só entrou em outra sala”, conta. Barulhos de rojão foram ouvidos dentro da escola.

Ainda segundo o jovem, a falta de acesso ao telefone celular, uma das regras do Enem, dificultou o contato com a polícia. “Ficamos enclausurados pois não tinha celular para ligar para a polícia, que demorou uns 20 minutos para chegar”, disse.

De acordo com outra candidata de 18 anos, que também estava no local, um torcedor atirou três vezes na direção de um rival que ele estava perseguindo dentro da escola. “Quando começou isso, todo mundo deitou no chão, parecia cena de guerra. Esperamos acabar para a gente fazer a prova. Foi horrível”, relembra.

A Guarda Municipal foi até a escola, mas os torcedores já haviam fugido do local, conforme a garota.

Contatada pelo Sistema Verdes Mares, a Secretaria da Segurança Pública do Ceará (SSPDS-CE) não se posicionou até a última atualização desta reportagem.

Estudantes prejudicados

Segundo as duas testemunhas, a confusão prejudicou muitos estudantes, pois a prova do Enem foi aplicada instantes após a confusão e não houve nenhum tempo adicional para os candidatos que estavam no local. “Depois de ataques de ansiedade, o medo e a tensão não deixaram a gente se concentrar na prova”, relata a jovem.

Fonte: Diário do Nordeste.

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 25 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalha atualmente na Rádio Paraíso FM-101,1 Mhz, com o Programa FORRONEJO e em 2018 estreamos com o Programa A HORA DA NOTÍCIA, a partir das 12 hs. Participo ainda do Programa Alô Alô Zona Norte na Rádio Tupinambá de Sobral, com o quadro "moendo a notícia", onde faço comentários sobre os principais fatos da nossa política.

Deixe um comentário