out
23
2018

BRASIL – REAÇÃO: Lindbergh Farias (PT-RJ) decidiu pedir proteção à Polícia Federal, após ser citado em discurso de ódio por Bolsonaro.

 

O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) decidiu pedir proteção à Polícia Federal. Ele foi citado por Bolsonaro em um discurso que o presidenciável fez por telefone, no domingo (21), para seus seguidores na av. Paulista, em SP.

CHUMBO 2

Bolsonaro disse, dirigindo-se a Lula, que “brevemente você terá Lindbergh Farias para jogar dominó no xadrez”. Afirmou que “esses marginais vermelhos serão banidos de nossa pátria” pois fará “uma limpeza nunca vista na história”, com a polícia fazendo a lei valer no lombo de vocês.

CHUMBO 3

“Foi o discurso de um candidato a ditador. A ideia central foi de eliminação do adversário. É um discurso que autoriza a violência. Me preocupo porque no Rio todos os grupos milicianos apoiam Bolsonaro”, afirma o senador.

ELE NÃO

O secretário de Inovação e Tecnologia, Daniel Annenberg, disse, em suas redes, que votará em Fernando Haddad (PT). Eleito vereador pelo PSDB, ele foi nomeado por João Doria, que se declara entusiasta de Bolsonaro.

MISSÃO IMPOSSÍVEL

“Não tenho como votar numa pessoa que propaga o ódio e que é a favor da tortura e contra mulheres, negros e LGBTs”, disse ele.

Colunista Monica Bérgamo/Folha.

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 25 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalha atualmente na Rádio Paraíso FM-101,1 Mhz, com o Programa FORRONEJO e em 2018 estreamos com o Programa A HORA DA NOTÍCIA, a partir das 12 hs. Participo ainda do Programa Alô Alô Zona Norte na Rádio Tupinambá de Sobral, com o quadro "moendo a notícia", onde faço comentários sobre os principais fatos da nossa política.

Deixe um comentário