set
10
2018

BRASIL – Eleições 2018: Rosa Weber nega pedido para adiar prazo de substituição de Lula em chapa.

Reportagem de Breno Pires e Rafael Moraes Moura no Blog de Fausto Macedo no Estado de S.Paulo informa que a presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber, negou, neste domingo, 9, a prorrogação do prazo para o PT substituir o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na chapa presidencial.

Com a decisão, o partido tem até esta terça-feira, 11, para fazer a troca de nomes – a defesa do petista havia requerido que a data-limite fosse estendida para o dia 17 de setembro. Se não definir as candidaturas no prazo determinado, o PT pode ficar sem coligação na disputa ao Planalto.

De acordo com a publicação, até agora, o nome mais forte para ocupar o lugar de Lula é o do ex-prefeito Fernando Haddad, que ainda figura como candidato a vice-presidente.

Os advogados eleitorais do ex-presidente haviam pedido ao TSE a prorrogação por mais seis dias do prazo. A defesa alegou que essa data deveria considerar a análise de recurso ao Supremo Tribunal Federal contra a decisão da própria Corte Eleitoral de negar o registro da candidatura de Lula. Para a defesa, uma decisão definitiva sem essa análise do Supremo seria uma “injustiça”, completa o Estadão.

PS: O fundamento do pedido do PT se encontra na Constituição: a presunção de inocência. A condenação de Lula pelo TRF-4 é provisória, já que cabe recurso, mas um dos seus efeitos, a inelegibilidade, se tornou definitivo. Engana-se quem imagina que perde Lula. Perdem milhões de eleitores que já tinham escolhido o ex-presidente como seu candidato a presidente em 2018. Esse dano será irreparável.

Fonte: DCM – Diário do Centro do Mundo.

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 25 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalha atualmente na Rádio Paraíso FM-101,1 Mhz, com o Programa FORRONEJO e em 2018 estreamos com o Programa A HORA DA NOTÍCIA, a partir das 12 hs. Participo ainda do Programa Alô Alô Zona Norte na Rádio Tupinambá de Sobral, com o quadro "moendo a notícia", onde faço comentários sobre os principais fatos da nossa política.

Deixe um comentário