fev
1
2017

BRASIL – Eunício Oliveira é eleito o novo presidente do Senado Federal.

Senator Eunicio Oliveira during the Senate session to elect the new president of Brazil's upper house of Congress in Brasilia on February 1, 2017.  The dispute for the presidency of the Brazilian Senate is between Eunicio Oliveira (PMDB-CE), who has the support of the current president Renan Calheiros (PMDB-AL), and Jose Medeiros (PSD-MT). / AFP / ANDRESSA ANHOLETE

O senador Eunício Oliveira (PMDB-CE) é o novo presidente do Senado, com 61 votos dos 81 senadores presentes. O adversário José de Medeiros (PSB-MT) recebeu 10 votos e 10 senadores votaram em branco. A eleição do peemedebista já era esperada e contou com apoio da maioria dos partidos, inclusive do PT, que apesar de liberar a bancada dos senadores para votar de acordo com a própria consciência, defendeu o critério da proporcionalidade, já que o partido indicou o senador José Pimentel (PT-CE) para a primeira secretaria da Casa.
Eunício foi líder do PMDB durante quatro anos e é um dos nomes citados na delação premiada do ex-diretor da Odebrecht Cláudio Mello, como um dos beneficários dos R$ 2,1 milhões de recursos pagos pela empreiteira.

Balanço da gestão

Antes de proferir o resultado, Renan Calheiros, ao fazer o balanço da própria gestão, teceu duras críticas ao vazamento das investigações comandadas pelo Judiciário, sem citar, no entanto, nominalmente a operação Lava-Jato. “Vivemos em um período de vazamentos manufaturados nos quais a maioria, não todos infelizmente, mas a maioria, sofre com isso. O levantamento do sigilo nos aproxima da verdade e evita manipulações”, afirma.
Renan defendeu, ainda, a atitude tomada por ele de questionar a “invasão” de juiz de primeira instância para investigar senadores da Casa,  algo que foi estabelecido pelo pleno do Supremo Tribunal Federal (STF).
Ele também lembrou o episódio em que o plenário do STF o manteve no cargo; a prisão, segundo ele com base em um flagrante forjado, do ex-senador Delcídio do Amaral (PT-MS); e a aprovação de diversas matérias econômicas e de cunho social na casa.

Pronunciamento

Em seu primeiro pronunciamento após o anúncio de sua vitória, Eunício se emocionou, falou dos planos para o futuro, fez agradecimentos e disse estar preparados para os desafios. “Sou homem, senador Renan Calheiros, um homem forjado em desafios”, disse ao começar o discurso.
O presidente da Casa eleito ressaltou que, em seu mandato, as decisões serão tomadas de forma que o interesse do país seja a prioridade. “Nós vivemos pelo entendimento e pelo consenso aqui no Congresso Nacional, onde cada voto tem o seu valor. Mas a independência, a autonomia, a identidade e todos os interesses da nação vão superar os nossos interesses”, afirmou.
Eunício afirmou ainda que “cabe ao Senado a missão de corroborar com o país em torno de um projeto comum de desenvolvimento”, disse que “a confiança da população brasileira irá ser retomada com diálogo”.
No final do discurso, o senador fez um agradecimento emocionado ao antigo presidente da casa, Renan Calheiros, ao presidente Michel Temer, e a sua família. “Agradeço especialmente a minha mulher. Coincidentemente hoje fazemos 37 anos de casado”, disse, segurando o choro, sob os aplausos dos presentes.
Fonte: Correio Braziliense

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 25 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, sob o Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalho atualmente na Rádio Paraíso FM-101,1 Mhz, onde apresento o Programa HORA DA NOTÍCIA - no horário de 11hs ás 13 horas. Nas tardes da Paraíso FM levo alegria de descontração no Programa FORRONEJO de 15hs ás 17 horas. Se ligue com a gente e venha curtir o melhor da informação e do entretenimento musical.

Deixe um comentário