dez
15
2016

CEARÁ – FCF rebaixa Guarany de Sobral e Ferroviário sai da 3ª Colocação da 2ª Divisão e está de volta a Série A. Cheiro de enrolada…

O Ferroviário está na primeira divisão do Campeonato Cearense de 2017 e o Guarany de Sobral está rebaixado à segunda divisão no próximo estadual.

aboa-aa-guaa

O anúncio aconteceu na tarde desta quinta-feira (15), na Federação Cearense de Futebol (FCF). O clube sobralense deixou de apresentar documentação referente ao “Fair Play financeiro” que comprova regularidade fiscal. Com isso, o Tubarão da Barra que havia caído em 2014 para a Segundona, volta para a Série A do Cearense.

– O parecer é pelo descenso do Guarany de Sobral e acesso do Ferroviário. O Guarany foi rebaixado porque não cumpriu as normas exigidas pela Legislação Federal, pela Federação Cearense de Futebol e pelo Regulamento Geral das Competições, tanto o específico quanto o geral, da Série A. Não saiu a certidão fiscal (CND) positiva com efeito negativa. Só saiu dois dias depois, num momento, inclusive, em que o parecer já tinha sido elaborado e foi entregue aqui a Federação no final do expediente – explicou o diretor jurídico da FCF, Eugênio Vasques.

Eugênio comentou ainda que todos os clubes da Série A, menos o Guarasol, apresentaram documentação no prazo. Também equipes das Série B e C do Campeonato Cearense tiveram a documentação apresentada. Assim, pela falta das certidões regularidade fiscal, o Cacique do Vale está fora da elite do Campeonato Cearense.

– O e-mail corporativo recebeu dia 12 apenas comprovantes de pagamento, não mandaram a certidão. O Guarany não apresentou a documentação de forma alguma. Faltou o que é da exigência da lei de responsabilidade fiscal do futebol, o chamado “Fair play financeiro”, faltou apenas um documento, a certidão de regularidade fiscal. Ele foi apresentado apenas dia 14. Tivemos critério e muita observância pelo que foi enviado pelo Guarany e demais clubes. A Federação não tem interesse em rebaixar ninguém. A Federação não tem culpa pela desorganização e pelos problemas que passam por ali que não vêm de hoje – explicou Vasques.

Eugênio Vasques explica ainda que o “Fair Play financeiro” é algo diferente do Profut (Programa de Modernização da Gestão e de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro).

– Profut é optativo. O que é exigido é o Fair Play financeiro (regularidade fiscal). São os documentos do Artigo 10 da Lei do Estatudo do Torcedor que foi alterado em 2015 pela lei que criou o Profut. O Profut é uma opção do clube. Não é uma opção do clube não apresentar os documentos. O clube que quiser participar de qualquer competição nacional tem que participar do Fair Play financeiro. O Profut é uma opção, é mais amplo. Mas os documentos, independente se o clube está no profut ou não, precisam ser apresentados – explicou o diretor jurídico da Federação Cearense de Futebol.

Ferroviário

Após dois anos, o Ferroviário volta a elite do futebol cearense. A equipe foi rebaixada em 2014, jogou a Segundona em 2015 e sonhava com o acesso em 2016. No entanto, amargou um terceiro lugar no estadual entre indas e vindas judiciais. Com o rebaixamento do Guarany de Sobral, o clube (que entregou toda a documentação necessária) ganhou o direito de subir de divisão, como próximo da lista na vaga de acesso.

– O Ferroviário já começou o trabalho de formação da equipe para a Série A. Mas a gente precisava dessa confirmação. Graças a Deus a justiça foi feita. Além dos trâmites legais, o Ferroviário é merecedor pelo que ele fez esse ano, uma belíssima campanha. As adversidades que o futebol cearense teve nos prejudicaram, mas isso é passado. Hoje a gente tá com o olhar para frente. Graças a Deus foi feita a justiça e o trabalho começou na montagem da equipe – disse Emanuel Garcia, secretário do conselho deliberativo do Ferroviário.

Fonte: Globo Esporte/CE- Reportagem de Crisneive Silveira

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 25 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, sob o Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalho atualmente na Rádio Paraíso FM-101,1 Mhz, onde apresento o Programa HORA DA NOTÍCIA - no horário de 11hs ás 13 horas. Nas tardes da Paraíso FM levo alegria de descontração no Programa FORRONEJO de 15hs ás 17 horas. Se ligue com a gente e venha curtir o melhor da informação e do entretenimento musical.

Deixe um comentário