jul
4
2014

CEARÁ – Policial militar mata um outro após discussão em acidente de trânsito.

a boa soldado

Um policial militar (PM) do Ronda do Quarteirão matou um outro da mesma corporação, na madrugada desta quinta-feira, 3, no bairro Vila Peri, após desentendimento em acidente de trânsito. Houve forte discussão entre eles no local e o PM teria dado cinco tiros no outro. O policial morto, identificado como soldado Francisco Fabiano Gomes Feitosa, estava à paisana e o que efetuou os disparos se encontrava a serviço, atendendo a ocorrência. O caso foi confirmado pelo tenente-coronel Fernando Albano, relações-públicas da PM.

O PM à paisana teria se envolvido em um leve acidente de trânsito com um outro veículo na avenida Augusto dos Anjos, por volta de 3h30min, e uma equipe do Ronda do Quarteirão foi acionada para resolver o problema. No entanto, durante a ocorrência, os PMs acabaram se desentendendo e o que estava à paisana teria feito o gesto de sacar uma arma. Foi quando o policial do Ronda, identificado como soldado Eliaquim Ramalho da Silva, teria efetuado os disparos, atingindo a vítima com cinco tiros no peito. Na ação, a esposa do PM também teria sido atingida, mas sem gravidade. O policial ferido chegou a ser socorrido ao Frotinha da Parangaba, mas não resistiu e morreu.

Procurada, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou, em nota, que que o soldado Ramalho foi conduzido ao 12º Distrito Policial, onde foi autuado em flagrante delito por homicídio e em seguida transferido para o presídio militar, onde está à disposição da Justiça.

Segundo a Secretaria, o Comando da Polícia Militar encaminhou a documentação da autuação à Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD), que instaurou um Procedimento Administrativo Disciplinar (PAD) e determinou o afastamento preventivo do acusado. Após conclusão das investigações, o policial poderá ser expulso dos quadros da instituição.

Ainda de acordo com a SSPDS, os dois policiais envolvidos na ocorrência, que são lotados na 9 ª Companhia do 1º Batalhão de Polícia Comunitária (BPCom), têm fichas funcionais que constam elogios por bons serviços prestados. A vítima Francisco Fabiano Gomes Feitosa ingressou na Polícia Militar no dia 10 de setembro de 2007 e recebeu seis elogios e uma comenda por ótimo comportamento. O acusado Eliaquim Ramalho da Silva ingressou na PM em 08 de setembro de 2010 e têm sete elogios por bons serviços prestados. Ele ficou afastado por licença médica por 60 dias em abril de 2013. Só após liberação médica, retornou ao serviço.

“A SSPDS e suas vinculadas buscam incansavelmente a capacitação dos seus integrantes, acompanham ocorrências que envolvem seus servidores, no intuito de melhorar os serviços prestados pelas forças de segurança. Nesse sentido, a Polícia Militar conta com uma Coordenadoria de Saúde e Assistência Social e um Centro Biopsicossocial para auxiliar e atender casos de diversas enfermidades que podem acometer os servidores da instituição”, completou a nota.

Fonte: O POVO.

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 25 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, sob o Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalho atualmente na Rádio Paraíso FM-101,1 Mhz, onde apresento o Programa HORA DA NOTÍCIA - no horário de 11hs ás 13 horas. Nas tardes da Paraíso FM levo alegria de descontração no Programa FORRONEJO de 15hs ás 17 horas. Se ligue com a gente e venha curtir o melhor da informação e do entretenimento musical.

Deixe um comentário