jun
2
2014

CEARÁ – Polícia Civil do Ceará em estado de Greve. Agora vai!!!

a boa comando

Em assembleia realizada na tarde deste sábado, 31/5, policiais civis do Ceará decidiram instaurar estado de greve. Com a decisão, paralisações pontuais podem ser realizadas a qualquer momento e, a partir de quinta-feira, 5, a categoria pode decretar greve caso não haja negociação com o Governo do Estado.

Segundo o presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Carreira do Estado do Ceará (Sinpol-CE), Gustavo Simplício, a decisão foi tomada por não haver diálogo do Governo do Estado com a categoria. Desde dezembro do ano passado, o sindicato realiza a campanha Polícia Legal, que busca a valorização dos profissionais.

Simplício afirma que os policiais esperam pelo pagamento de salário de nível superior, condizente com a formação profissional. ”O governador dizia que para pagar teria que esperar a primeira turma entrar por concurso. Mas até hoje ele não reconheceu e recebemos salário de nível médio. Isso fez a categoria decidir pelo estado de greve. Procuramos um diálogo com o governador porque não tem como manter um policial civil de nível superior com salário de nível médio”, diz.

Além disso, pede-se a retirada dos xadrezes das delegacias – espaços que costumam ser superlotados e, muitas vezes, são cuidados por um único agente da Polícia Civil. ”É inadmissível essa situação”, frisa Gustavo Simplício. O presidente do sindicato pondera ainda que, por causa da baixa valorização, o efetivo policial está em declínio. Hoje, segundo ele, 2.566 policiais civis atuam no Ceará.

O POVO.

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 25 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalha atualmente na Rádio Paraíso FM-101,1 Mhz, com o Programa FORRONEJO e em 2018 estreamos com o Programa A HORA DA NOTÍCIA, a partir das 12 hs. Participo ainda do Programa Alô Alô Zona Norte na Rádio Tupinambá de Sobral, com o quadro "moendo a notícia", onde faço comentários sobre os principais fatos da nossa política.

Deixe um comentário