jun
24
2014

CEARÁ – Eleições 2014 – Cid monta três coligações com 24 partidos para eleger até 17 deputados federais

a boa betina

Com uma base extensa composta com 24 partidos, o governador Cid Gomes pretende na próxima quarta-feira (25)  resolver todas as pendências e finalmente anunciar as três coligações que pretende fechar para eleger até uma bancada com 17 deputados federais.

Esse número é contestado pela oposição que acredita ser capaz de eleger com certeza 6 deputados federais, podendo chegar a 8. Existem indefinições dos próprios partidos, mas caminha para a seguinte composição a base do governador Cid. A maior coligação com a expectativa de eleger 13 deputados federais é composta por oito legendas: PROS, PT, PHS, PTB, PDT, PSL, Solidariedade e PCdoB.

A segunda coligação unirá os pequenos partidos e é formado por 11 siglas: PTC, PEN, PSDC, PTN, PV, PSC, PTdoB, PRTB, PMN, PPL e PRP que faria um deputado federal. E a última coligação é integrada por cinco partidos numa estrambótica composição que une o conservadorismo do DEM ao antigo partido comunista PPS: DEM, PPS, PP, PRB e PSD. Esse bloco elegeria na avaliação do Abolição 3 deputados federais.

A oposição discorda frontalmente dessas contas. Sustenta que a união do PMDB-PR e PSDB elege diretamente 6 deputados federais. E há chances desse bloco atrair ainda o DEM aumentando para sete a bancada, e e reduzindo ainda mais o número de eleitos da base do governador Cid, pois há um sentimento que o PSOL conseguirá eleger pela primeira vez um deputado federal: Renato Roseno, que aparece bem cotado.

Mesmo considerando os números do Abolição – uma bancada com 17 eleitos – o governador Cid terá muitos conflitos a administrar durante a campanha eleitoral. São 39 fortíssimos candidatos, e nenhum deles será eleito com menos de 100 mil votos, em qualquer uma das três coligações.

Primeira coligação: 20 candidatos de primeiro time:

PROS – PT – PCdoB – PDT – PSL- Solidariedade- PTB e PHS:

PROS – Domingos Neto, Ariosto Holanda, Edson Silva, Nenen do Cazuza, Vicente Arruda, Leônidas Cristino e Antonio Balhmann

PT – Luizianne Lins, Odorico Monteiro, Dedé Teixeira, Camilo Santana, Zé Airton, Eudes Xavier e Acrísio Sena

PCdoB – Chico Lopes e João Ananias

PDT – André Figueredo

PTB– José Arnon

Solidariedade – Genecias Noronha

PHS – Adail Carneiro

PSL – Macedão

Segunda coligação: 11 candidatos do primeiro time

PSC – Welington Saboia

PTdoB – Paulo Facó e Leonelzinho Alencar

PPL – André Ramos

PMN – Reginaldo Moreira

PTN – Alípio Rodrigues, vereador Américo de Caucaia e Vereador Ribamar de Maracanaú

PTC – Chico Pontes

PSDC – Vereador Vaidon

PRP – Dute

Terceira coligação: 08 candidatos do primeiro time

PP – Padre Zé Linhares, Paulo Henrique Lustosa e Eugenio Rabelo

PSD – Almircir Pinto e Samuel Salviano

DEM  – Moroni Torgan

PRB – Pastor Ronaldo Martins

PPS – Moses Rodrigues

Oposição

PMDB – PR – PSDB

PMDB – Vitor Valin, Aníbal Gomes, Danilo Forte, Mauro Benevides, Mauro Macedo, Mario Feitosa

PR – Gorete Pereira

PSDB – Raimundo Matos e Tomaz Figueredo Filho

DETALHE – Aqui não têm nada definido, são prognósticos que poderá mudar até as convenções partidárias.

Informações: Ceará News7

 

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 25 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalha atualmente na Rádio Paraíso FM-101,1 Mhz, com o Programa FORRONEJO e em 2018 estreamos com o Programa A HORA DA NOTÍCIA, a partir das 12 hs. Participo ainda do Programa Alô Alô Zona Norte na Rádio Tupinambá de Sobral, com o quadro "moendo a notícia", onde faço comentários sobre os principais fatos da nossa política.

Deixe um comentário