jun
25
2012

Parada Gay de Fortaleza reuniu um milhão na Beira Mar.

A Avenida Beira-Mar foi colorida de vermelho, laranja, amarelo, verde, azul e roxo, na tarde de ontem, durante a 13ª edição da Parada pela Diversidade do Ceará, que reuniu milhares de pessoas. O tema do evento foi “Homofobia tem cura: Educação e Criminalização”.

O público lotou a Avenida e também o calçadão. As pessoas não paravam de cantar e dançar por um só segundo. Vários trios elétricos fizeram a festa de todos que compareceram. Muitas famílias, casais e até bebês eram vistos ao longo de todo o percurso. Muitos curiosos assistiam ao evento da janelas dos apartamentos ou hoteis.

Segundo o presidente do Grupo de Resistência Asa Branca (GRAB), Francisco Pedrosa, que organizou o evento, o Ceará é o oitavo Estado brasileiro com maior número de assassinatos de homossexuais. “Esse é um dos motivos pelo qual queremos criminalizar a homofobia”. O grupo defende a implementação do projeto Escola sem Homofobia, pelo Ministério da Educação

Pedrosa acredita que a mentalidade das pessoas está mudando em relação aos homossexuais. “As paradas pela diversidade mostram muito isso. A sociedade é contra a violência, contra o preconceito. Esse é um processo cultural”, frisou.

A expectativa era de reunir mais de um milhão de pessoas. Mas nem tudo foi festa. Havia denúncias de que várias pessoas foram roubadas por grupos de assaltantes no local do evento.

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 25 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalha atualmente na Rádio Paraíso FM-101,1 Mhz, com o Programa FORRONEJO e em 2018 estreamos com o Programa A HORA DA NOTÍCIA, a partir das 12 hs. Participo ainda do Programa Alô Alô Zona Norte na Rádio Tupinambá de Sobral, com o quadro "moendo a notícia", onde faço comentários sobre os principais fatos da nossa política.

Deixe um comentário