jun
28
2022

CEARÁ – Senadores Cid Gomes e Tasso assinam apoio a criação da CPI do MEC. Eduardo Girão diz não a CPI.

Senadores protocolaram, nesta terça-feira (28), o requerimento que pede a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar supostas irregularidades no Ministério da Educação (MEC). Dois senadores cearenses assinaram o documento em apoio.

Os parlamentares Cid Gomes (PDT) e Tasso Jereissati (PSDB) assinaram o requerimento em apoio às investigações no Parlamento. Já o senador Eduardo Girão (Podemos) defende que as averiguações sejam feitas por outras instâncias, como Ministério Público, Polícia Federal, Controladoria Geral da União e Tribunal de Contas da União.

Girão argumenta que uma CPI às vésperas da eleição pode ganhar outros contornos, ao invés de se prender em investigar supostos atos de corrução no Ministério da Educação.

O protocolo foi realizado pelos senadores Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Jean Paul Prates (PT-RN) e Jorge Kajuru (Podemos-GO). A expectativa dos parlamentares é que o texto seja lido em plenário até quinta-feira (30).

Fonte: Diário do Nordeste.

# OPINIÃO – SOBRAL AGORA

Não podíamos esperar outra atitude por parte do Senador bolsonarista “Eduardo Girão(podemos)”.  Ele não assinou o requerimento para investigar a “roubalheira” ocorrida no MEC. Esse senador tem tido um comportamento vergonhoso no senado, com posições literalmente ridículas, sempre na defesa do grupo bolsonarista.

Só mesmo o “podemos” para aguentar isso… Pena que o senado é 8 anos de mandato. 

Por Sobral Agora.

 

 

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 25 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, sob o Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalho atualmente na Rádio Paraíso FM-101,1 Mhz, onde apresento o Programa HORA DA NOTÍCIA - no horário de 11hs ás 13 horas. Nas tardes da Paraíso FM levo alegria de descontração no Programa FORRONEJO de 15hs ás 17 horas. Se ligue com a gente e venha curtir o melhor da informação e do entretenimento musical.

Deixe um comentário