maio
20
2021

CEARÁ – 67 municípios cearenses já superam número de óbitos por Covid-19 de 2020

O número de óbitos por Covid-19 pelo menos dobrou em 40% (75) dos municípios cearenses na comparação entre 2020 e 2021. Em 67 deles, a quantidade de mortes registrada em cinco meses ainda incompletos deste ano já é maior do que ao longo do ano passado. Isso equivale a 36% dos municípios cearenses. A base de dados utilizada é da plataforma IntegraSUS, da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), atualizada às 11h24min de ontem, 19.

A maior variação percentual foi observada em Antonina do Norte, na região do Cariri, onde o índice aumentou 850%. O município notificou dois óbitos no primeiro ano da pandemia e 17 neste ano. Fortim, localizado no Litoral Leste/Jaguaribe, terminou 2020 com três óbitos e, atualmente, soma 21 casos com esse desfecho. Ou seja, aumentou em sete vezes o número de mortes por Covid-19 no período.

Os dois municípios registraram números menores de notificações considerando outros locais do Estado. Antonina do Norte e Fortim foram o oitavo e o 11º, respectivamente, em menor número de mortes ano passado.

Brejo Santo, também localizado na região do Cariri, ao sul do Estado, teve o terceiro maior aumento de casos, saindo de 27 para 130. Ele se diferencia dos outros dois municípios pois figura entre os municípios com maior número de mortes neste ano, registrando o nono maior índice.

Em Fortaleza, a variação foi de 89%, com 4.311 mortes em decorrência da infecção no ano passado e 3.837 neste ano, somando 8.148 registros em toda a pandemia. No Estado, o aumento percentual foi de 86,99%. Em 2020, 10.396 vidas foram perdidas para a doença. Nos quase cinco meses de 2021, já são 9.043 óbitos, somando 19.439 mortes ao todo.

Fortim também foi o local com maior aumento de casos, saindo de 198 para 1.786. Além dele, os municípios com os maiores índices de aumento de casos são Arneiroz (de 71 para 507), Penaforte (de 84 para 581), Antonina do Norte (de 86 para 562) e São Luis do Curu (de 215 para 1.104). Comparando o primeiro e o segundo da pandemia, 62,5% (115) dos municípios cearenses viram o número de casos pelo menos dobrar.

Aldizia Araújo, secretária da saúde de Fortim, explica que o aumento recente foi causado principalmente pelas festas de fim de ano e movimentações turísticas na região. “Tivemos uma demanda muito grande de pessoas que alugavam casas e se hospedavam. Com as festas de final de ano e do Carnaval, houve um fluxo maior de pessoas e houve aumento de casos. A gente acha que foi devido à isso”, aponta.

O primeiro caso de infecção registrado no local foi de um estrangeiro da França ainda em março do ano passado. Segundo ela, a pasta estruturou um trabalho para monitoramento dos viajantes que chegavam. “Em 2021, foram realizadas medidas de contenção como barreiras sanitárias e obedecemos rigorosamente ao decreto estadual”, diz.

Com o aumento de casos, as unidades básicas ficaram quase exclusivas para Covid-19 e pacientes com sintomas como febre e cansaço foram sendo encaminhados para o hospital local. A unidade aumentou de oito para 15 a oferta de leitos. Quando o quadro se agrava, o paciente normalmente é encaminhando para Fortaleza, Quixeramobim ou Limoeiro do Norte, conforme a secretária.

“Houve um aumento muito grande de internamento desde fevereiro. Desde a semana passada, houve diminuição nas hospitalizações”, avalia. O POVO também solicitou entrevista às secretarias municipais de Antonina do Norte e de Brejo Santo, mas não conseguiu contato com os titulares.

Municípios com número de óbitos em 2021 maior do que em 2020

Antonina do Norte, Fortim, Brejo Santo, Alcântaras, Porteiras, Aratuba, Ipaporanga, Jati, Guaramiranga, Palhano, Tamboril, Banabuiú, Baixio, Cruz, São Luís Do Curu, Quixeré, Abaiara, Tarrafas, Potiretama, Potengi, Campos Sales, Moraújo, Pacoti, General Sampaio, Deputado Irapuan Pinheiro, São Gonçalo Do Amarante, Itaiçaba, Palmácia, Beberibe, Bela Cruz, Cedro, Arneiroz, Aiuaba, Uruburetama, Pereiro, Jardim, Maracanaú, Nova Russas, Morada Nova, Coreaú, Amontada, Senador Pompeu, Tabuleiro Do Norte, Forquilha, Mombaça, Ibaretama, Mulungu, São João do Jaguaribe, Santana do Acaraú, Milha, Morrinhos, Paramoti, Limoeiro do Norte, Piquet Carneiro, Altaneira, Araripe, Boa Viagem, Tauá, Assaré, Martinópole, Jijoca De Jericoacoara, Santa Quitéria, Russas, Caridade, Paracuru, Milagres e Pentecoste.

Fonte: O POVO.

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 25 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, sob o Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalho atualmente na Rádio Paraíso FM-101,1 Mhz, onde apresento o Programa HORA DA NOTÍCIA - no horário de 11hs ás 13 horas. Nas tardes da Paraíso FM levo alegria de descontração no Programa FORRONEJO de 15hs ás 17 horas. Se ligue com a gente e venha curtir o melhor da informação e do entretenimento musical.

Deixe um comentário