mar
29
2021

BRASIL – Bolsonaro oficializa reforma ministerial com seis mudanças; saiba quem entra e quem sai

epa08624889 The President of Brazil Jair Bolsonaro participates in a launching ceremony of the Casa Verde e Amarela Program, at the Palacio do Planalto, in Brasilia, Brazil, 25 August 2020. Bolsonaro, presented on 25 August a new program for the construction of popular homes, which aims to benefit about 1.6 million families in the next two years. EPA/Joedson Alves

O presidente Jair Bolsonaro realizou nesta segunda-feira (29) uma reforma ministerial com seis trocas no primeiro escalão do governo.

As mudanças foram confirmadas em uma nota divulgada pela Secretaria de Comunicação Social, vinculada ao Ministério das Comunicações.

Quem entra e quem sai

CASA CIVIL DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

  • Quem entra: general da reserva Luiz Eduardo Ramos, atual ministro da Secretaria de Governo
  • Quem sai: general da reserva Braga Netto, transferido para o Ministério da Defesa

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA E DA SEGURANÇA PÚBLICA

  • Quem entra: delegado da Polícia Federal Anderson Torres, atual secretário de Segurança Pública do Distrito Federal
  • Quem sai: André Mendonça, transferido para a Advocacia-Geral da União (AGU)

MINISTÉRIO DA DEFESA

MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES

  • Quem entra: embaixador Carlos Alberto Franco França, diplomata de carreira que estava na assessoria especial da Presidência da República
  • Quem sai: embaixador Ernesto Araújo

SECRETARIA DE GOVERNO DA PRESIDÊNCIA

ADVOCACIA-GERAL DA UNIÃO

  • Quem entra: André Mendonça, que já chefiou a AGU no início do governo e está atualmente no Ministério da Justiça.
  • Quem sai: José Levi, procurador da Fazenda Nacional

A amplitude da reforma surpreendeu. Até o fim de semana, somente a substituição de Ernesto Araújo era tida como provável para os próximos dias. Mas Bolsonaro aproveitou a saída de Araújo para realizar uma mudança maior.

O governo atualmente tem 22 ministérios – a independência do Banco Central aprovada pelo Congresso fez com que a instituição deixasse de ser contabilizada nessa lista.

Os novos ministros

  • Casa Civil: Luiz Eduardo Ramos

Ao nomear Luiz Eduardo Ramos, Bolsonaro manteve um general da reserva na chefia da Casa Civil. Ramos era, até esta segunda, ministro da Secretaria de Governo.

General de quatro estrelas e amigo de Bolsonaro, Luiz Eduardo Ramos estava desde 2019 como o principal articulador politico do governo junto ao Congresso Nacional.

Na nova função, Ramos será uma espécie de gerente do governo, já que a Casa Civil coordena o andamento das ações dos ministérios. A pasta também trata da entrada do Brasil na Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Fonte: Globo.com

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 25 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, sob o Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalho atualmente na Rádio Paraíso FM-101,1 Mhz, onde apresento o Programa HORA DA NOTÍCIA - no horário de 11hs ás 13 horas. Nas tardes da Paraíso FM levo alegria de descontração no Programa FORRONEJO de 15hs ás 17 horas. Se ligue com a gente e venha curtir o melhor da informação e do entretenimento musical.

Deixe um comentário