out
2
2020

BRASIL – Campanha de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação começa segunda-feira.

O governo federal lançou hoje (2) a Campanha Nacional de Multivacinação, com foco na atualização das cadernetas infantis. A prioridade é prevenir a poliomielite e o sarampo. 

A campanha do Ministério da Saúde começa na próxima segunda-feira (5) e vai até o dia 30 de outubro com o objetivo de imunizar e conscientizar a população sobre a importância da vacina para a proteção contra diversas doenças.

 No Ceará, a meta é vacinar 510.895 crianças. Já a Multivacinação acontece para que crianças e adolescentes menores de 15 anos possam atualizar a caderneta vacinal. Todas as vacinas do calendário básico de vacinação estarão disponíveis nos postos de saúde do Estado.

A coordenadora de Imunização da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), Carmem Osterno, explica que as ações têm como objetivo diminuir o risco de transmissão de doenças imunopreveníveis.

“Esta é uma maneira de oportunizar o acesso às vacinas e atualizar a situação vacinal, bem como diminuir a incidência de doenças imunopreviníveis e contribuir para o controle e eliminação dessas doenças. Contamos com a participação de todos”, afirma.

É importante que o público-alvo das campanhas compareça aos serviços de saúde com a caderneta de vacinação. As informações do cartão são necessárias para que os profissionais de saúde possam avaliar se há alguma vacina pendente.

“Os pais devem levar seus filhos para se proteger da paralisia, mas também para garantir a complementação do seu esquema vacinal. Os adolescentes também poderão ser vacinados contra doenças como meningite e HPV. Para os adultos, a campanha contra o sarampo contra”, explica Carmem.

O Ministério da Saúde não estabeleceu uma meta para a campanha de Multivacinação. Serão oferecidas durante a campanha todas as vacinas previstas no Calendário Nacional de Vacinação.

Sobre o sarampo:

O sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus, e pode ser fatal. A única maneira de evitar o sarampo é por meio da vacinação. O vírus se instala na mucosa do nariz e dos seios da face para se reproduzir e depois vai para a corrente sanguínea. O sarampo é tão contagioso que uma pessoa infectada pode transmitir a doença para 90% das pessoas próximas que não estejam imunizadas.

Já a poliomielite também é uma doença infecto-contagiosa aguda, causada por um vírus que vive no intestino, denominado Poliovírus. Embora ocorra com maior frequência em crianças com menos de 4 anos, também pode ocorrer em adultos. A maior parte das infecções apresenta poucos sintomas, mas cerca de 1% dos infectados pode desenvolver a forma paralítica da doença, que pode causar sequelas permanentes. A doença não tem tratamento específico e deve ser evitada através da vacinação.

(*) Com informações da Agência Brasil.

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 25 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalha atualmente na Rádio Paraíso FM-101,1 Mhz, com o Programa FORRONEJO e em 2018 estreamos com o Programa A HORA DA NOTÍCIA, a partir das 12 hs. Participo ainda do Programa Alô Alô Zona Norte na Rádio Tupinambá de Sobral, com o quadro "moendo a notícia", onde faço comentários sobre os principais fatos da nossa política.

Deixe um comentário