abr
13
2020

BRASIL – É DE LASCAR: Polícia de SP prende 10 chineses por roubo de testes, máscaras e luvas que seriam usados no combate ao coronavírus.

Rapaz, já não basta a “ruma” de ladrões brasileiros, ainda vem um campada de chineses para roubar cargas em nosso país. Se fosse o contrário, com certeza os ladrões brasileiro já estaria numa prisão e ou até mortos, mas como estamos no Brasil, com certeza, os chineses preso, daqui a pouco vão estar livres, usando uma tal de tornozeleira, que não serve praticamente prá nada. Veja a matéria:

A polícia prendeu na tarde do último sábado (11) dez chineses que roubaram 15 mil testes para detecção do coronavírus e cerca de 2 milhões de itens entre máscaras, luvas, toucas, macacões, álcool gel e termômetros.

O material foi localizado em um galpão no bairro do Ipiranga por agentes do Dope (Departamento de Operações Policiais Estratégicas) após a investigação do roubo ocorrido na segunda-feira (9), no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos.

O setor de inteligência da Polícia Civil descobriu que uma quadrilha, que tinha receptado a carga roubada do aeroporto, estava negociando os itens médicos por R$ 4 milhões.

O delegado Luís Alberto Guerra, da Delegacia de Polícia de Atendimento ao Turista, se passou por um empresário interessado em comprar a carga. A quadrilha queria vender o material por R$ 4 milhões e, após 10 horas de negociação, aceitaram o valor de R$ 3 milhões.

Quando o delegado do Dope chegou ao depósito pediu para ver a carga de equipamentos usados por médicos e enfermeiros no combate ao coronavírus e comprovou que o lote dos kits de testes para o coronavírus era o mesmo que foi roubado do aeroporto de Cumbica.

O líder da quadrilha, o chinês Zheng Xiao Yun, que se apresentou como presidente da Associação Xangai no Brasil, recebeu voz de prisão juntamente com outros 9 chineses. Yun disse aos policiais que a carga que estava no depósito era uma doação de empresários, que seria repassada aos hospitais brasileiros.

A versão não convenceu o diretor do Dope e todos foram presos em flagrante e levados para a delegacia. O delegado Luís Alberto Guerra explicou que a carga roubada do aeroporto de Cumbica era uma encomenda de uma importadora particular, atendendo pedidos de hospitais particulares, entre eles o Albert Einstein.

A Polícia Civil contatou o consulado da China em São Paulo e espera uma resposta oficial sobre a identidade de Zheng Xiao Yun e a confirmação de que ele representa de fato a Associação Xangai no Brasil.

Fonte: R7. 

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 25 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalha atualmente na Rádio Paraíso FM-101,1 Mhz, com o Programa FORRONEJO e em 2018 estreamos com o Programa A HORA DA NOTÍCIA, a partir das 12 hs. Participo ainda do Programa Alô Alô Zona Norte na Rádio Tupinambá de Sobral, com o quadro "moendo a notícia", onde faço comentários sobre os principais fatos da nossa política.

Deixe um comentário