mar
27
2020

CEARÁ – TRISTE: A “gripezinha” do Bolsonaro já matou 3 e infectou 238 no Ceará.

PANDEMIA | Ao todo, já são 2.915 casos confirmados da doença e 77 óbitos no Brasil; com 238 diagnósticos, o Ceará tem 8% dos casos do País e 51% entre os do Nordeste

Com três mortes confirmadas pelo novo coronavírus, o Ceará passou ontem a dividir com Pernambuco as seis mortes registradas da doença no Nordeste. Na tarde de ontem, o secretário da Saúde do Estado, Dr. Cabeto, chegou a fazer uma transmissão ao vivo confirmando dois óbitos pela doença. O número, no entanto, foi atualizado pouco depois.

“Lamento a perda de três cearenses em virtude do coronavírus em nosso Estado. Minha solidariedade aos familiares e amigos neste momento de dor”, disse ontem, nas redes sociais, o governador Camilo Santana (PT), que apontou ainda 238 casos confirmados da doença no Estado. “Estamos fazendo todos os esforços possíveis para minimizar esse avanço”.

Na noite de ontem, portal do Ministério da Saúde foi atualizado para mostrar 2.915 casos da doença e 77 óbitos em todo o Brasil. Desse total, 457 casos confirmados e 6 mortes foram em estados do Nordeste. Com os 235 diagnósticos cearenses, o Estado tem hoje 8% dos casos de todo o País e 51% dos casos confirmados no Nordeste.

Segundo a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), as mortes são de um homem de 72 anos, diabético e hipertenso, de uma mulher de 72 anos, com histórico de doença crônica, e outra mulher de 85 anos, também com histórico de doença crônica. Todos moravam em Fortaleza, tendo o homem sido tratado na rede pública estadual, e as mulheres na rede privada.

Curiosamente, o estado do Nordeste que compartilha o mesmo número de óbitos do Ceará, Pernambuco, só registrou, até agora, 48 casos confirmados da covid-19. O índice fortalece tese defendida pela Sesa, que diz que o grande número de casos no Estado é fruto de um processo mais intenso e rigoroso de testagem de pacientes.

Em transmissão na tarde de ontem, Dr. Cabeto também lamentou as mortes e destacou a necessidade da manutenção de medidas de isolamento social no atual estágio da doença. “Países que achavam que estavam com problema resolvido e afrouxaram medidas, pagaram um preço caro. Não é que elas não vão terminar, mas temos que ver isso com responsabilidade”, diz.

Cabeto também anunciou que, a partir da semana que vem, a Sesa irá manter consultórios no Centro de Eventos para realizar testagem rápida de profissionais de saúde na linha de frente do combate à doença. Ele afirmou também que pediu ao Ministério da Saúde a abertura de novos leitos de UTI para Aracati, Crateús, Icó, Iguatu, Itapipoca, Tauá e Tianguá.

Já o governador Camilo Santana lamentou “falta de alinhamento” entre órgãos federais, estaduais e municipais no controle da crise. Ele criticou, por exemplo, decisão do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5) que derrubou medida da Justiça Federal do Ceará proibindo pouso de voos internacionais no Estado.

“Uma perda na nossa luta contra o avanço ao coronavírus em nosso Estado”, disse, destacando que maioria dos voos previstos têm como origem os Estados Unidos, justamente um dos países do mundo que mais registra crescimento no número de casos da doença.

Fonte: O POVO. 

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 25 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalha atualmente na Rádio Paraíso FM-101,1 Mhz, com o Programa FORRONEJO e em 2018 estreamos com o Programa A HORA DA NOTÍCIA, a partir das 12 hs. Participo ainda do Programa Alô Alô Zona Norte na Rádio Tupinambá de Sobral, com o quadro "moendo a notícia", onde faço comentários sobre os principais fatos da nossa política.

Deixe um comentário