fev
16
2020

CEARÁ – BATURITÉ: Médico preso em Baturité acusado de abusar de paciente tem registro profissional suspenso.

O médico Alessandro Teixeira da Costa teve seu registro profissional suspenso na manhã deste domingo, 16. Preso desde a noite da última sexta-feira, 14, ele está sendo acusado de violação sexual por um paciente atendido na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do municípío de Baturité, interior do Ceará. Em audiência de custódia, a Justiça determinou, além da suspensão das atividades médicas, a não aproximação da vítima e de testemunhas e pagamento de fiança.

Estabelecida no valor de três salários mínimos, a fiança foi paga e Alessandro já está a caminho de casa, de acordo com o advogado Paulo Roberto Leal, que cuida do caso. Ao O POVO, Leal afirmou que a defesa vai pedir para que a suspensão do exercício da profissão seja reconsiderada “por entender que esta medida não se faz necessária e porque antecipa uma pena de um processo que nem se iniciou”.

“Ingressaremos ainda com as medidas judiciais contra o(s) servidor(es) público(s) que estampou a notícia em redes sociais de forma precipitada, trazendo um enorme prejuízo a vida de meu constituinte”, complementou o advogado, que preferiu resguardar nomes dessas pessoas observadas pela defesa.

O profissional ainda lamentou o caso, afirmando que “nada devolverá a paz de espírito perdida nos momentos que Alessandro viveu na clausura”.

Direitos médicos

O POVO entrou em contato no início desta tarde com o Conselho Regional de Medicina do Ceará (Cremec) em busca de algum posicionamento sobre o caso. Até o momento, porém, reportagem ainda não obteve resposta.

Em julho do ano passado, a instituição lidou com caso semelhante de profissional sendo acusado de violação sexual de paciente. À época, o então prefeito de Uruburetama e ginecologista, José Hilson Paiva, foi investigado por abusar e estuprar pacientes durante consultas.

Na ocasião, o Conselho afastou imediatamente o médico, instaurando uma “interdição cautelar”, que é o termo utilizado, por causa da gravidade e do risco que Hilson Paiva causava aos pacientes por meio do uso da medicina. O ex-prefeito foi preso em Fortaleza em 19 de julho de 2019.

Fonte: O POVO.

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 25 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalha atualmente na Rádio Paraíso FM-101,1 Mhz, com o Programa FORRONEJO e em 2018 estreamos com o Programa A HORA DA NOTÍCIA, a partir das 12 hs. Participo ainda do Programa Alô Alô Zona Norte na Rádio Tupinambá de Sobral, com o quadro "moendo a notícia", onde faço comentários sobre os principais fatos da nossa política.

Deixe um comentário