nov
3
2019

CEARÁ – Quase 300 mil cearenses fazem o ENEM neste domingo em 119 municípios.

 

Neste domingo o despertador traz consigo uma mesma missão para os 294.992 inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que farão as provas da primeira fase desta edição, em 119 municípios cearenses. Entre os candidatos, a maioria são mulheres com 164.199 (55,7%) registros – os homens são 130.793 (44,3%) -, têm de 21 a 30 anos (22,3%) e já concluiu o ensino médio (45,6%). Com o cancelamento do horário de verão, os portões devem abrir às 12h e serão fechados às 13h, pelo horário oficial de Brasília.

Serão aplicadas as provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias, além da Redação Dissertativa Argumentativa, motivo de ansiedade para muitos dos participantes. O exame, principal forma de ingresso no ensino superior em universidade públicas e privadas, apresentou uma redução neste ano de 10,48% no número de inscrições frente aos 329.406 registros no Ceará, em 2018. Essa tendência à diminuição de participantes vem sendo constante desde 2015, quando 459.430 pessoas fizeram inscrição no exame, no Estado.

A regra é nacional e um dos fatores apontados para isso é que os egressos do ensino médio, grande parte dos participantes, estão conseguindo vagas nas instituições de educação superior, conforme o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). No País inteiro, 5,1 milhões de pessoas estão aptas a participar do exame, sendo que 47% (2,4 milhões) farão as provas pela primeira vez. No próximo domingo (10), as provas avaliam conteúdos relacionados às Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias nas provas. Uso de celular deve ser motivo de alerta para os participantes que podem ser eliminados caso o aparelho emita sinais sonoros, ainda que dentro do envelope porta-objetos.

Essa norma foi incluída no edital e a orientação é de colocar o dispositivo no modo silencioso e desativar os alarmes para, então, desligá-lo. Todos os outros equipamentos eletrônicos também devem ser silenciados e guardados no envelope vedado antes do início da seleção que terá 5 horas e meia de duração.

Envelope

Canetas que não sejam de cor preta ou de material transparente, assim como lapiseiras e lápis, não serão aceitos para a realização da prova e devem ser colocados no envelope disponibilizado.

Quem precisar de declaração de comparecimento deve levar o documento, disponibilizado no site, para análise do aplicador do exame.

Perfil

Os candidatos do Ceará que farão o Enem têm perfil parecido com o registrado em edições anteriores. Boa parte (39,9%) está cursando a última série do ensino médio, totalizando 117.827 candidatos. Os estudantes que não irão concluir o ensino médio neste ano (14,1%) representam 41.473 participantes.

Quanto à idade, os candidatos menores de 16 anos (2,8%) totalizam 8.258 pessoas e os maiores de 60 anos (0,1%) são 363. Entre 31 e 59 anos (8,8%) serão 25.958 pessoas. Na sua maioria, os candidatos são pardos (65,7%) com 193.828 participantes, seguido de brancos (20,4%) com 60.205, e pretos (8,3%) em 24.385 participantes. Os indígenas (0,6%) estão em 1.776 ao todo.

Horário

Os portões dos locais de provas abrem às 12h e serão fechados às 13h. Após o procedimento de segurança, a prova deve dar início às 13h30 e segue até às 19h, neste primeiro dia de provas

Material

O Inep recomenda aos candidatos a levarem o cartão de confirmação da inscrição para a prova. Só serão aceitas canetas esferográficas de tinta preta e fabricada em material transparente para o preenchimento do gabarito. Documento original com foto é indispensável.

(Diário do Nordeste)

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 25 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalha atualmente na Rádio Paraíso FM-101,1 Mhz, com o Programa FORRONEJO e em 2018 estreamos com o Programa A HORA DA NOTÍCIA, a partir das 12 hs. Participo ainda do Programa Alô Alô Zona Norte na Rádio Tupinambá de Sobral, com o quadro "moendo a notícia", onde faço comentários sobre os principais fatos da nossa política.

Deixe um comentário