out
22
2019

CEARÁ – SSPDS: Modelo Maria Lucilene, é 26ª vítima de feminicídio no Ceará no ano de 2019. Veja mais detalhes…

Minutos antes de 1h da madrugada do último dia 15 de outubro, a modelo Maria Lucilene da Silva Montenegro entrava em um veículo, na companhia do marido Francisco Hélio Batista. Naquele momento, aparentando tranquilidade – conforme imagens das câmeras de monitoramento do prédio que o casal morava – a mulher não imaginava que estava prestes a compor a lista das 26 mulheres vítimas de feminicídio no Ceará, em 2019. Às 5h24, ela já estava morta.

Segundo estatísticas da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), de janeiro a outubro do ano passado, foram registrados 23 feminicídios. Enquanto nos dez primeiros meses do ano corrente – sem outubro ter ainda sequer terminado – o índice já teve aumento de 13%.

O levantamento feito pela reportagem, a partir dos números mensais disponibilizados pela Pasta, mostra que, de janeiro de 2018 (mês em que a SSPDS passou a contabilizar feminicídios separados de outros homicídios) até hoje, 53 mulheres já foram mortas desta forma. A média é de, aproximadamente, três mulheres assassinadas por razões de gênero, a cada mês.

O QUE É…

feminicídio é o homicídio praticado contra a mulher em decorrência do fato de ela ser mulher (misoginia e menosprezo pela condição feminina ou discriminação de gênero, fatores que também podem envolver violência sexual) ou em decorrência de violência doméstica. A lei 13.104/15, mais conhecida como Lei do Feminicídio, alterou o Código Penal brasileiro, incluindo como qualificador do crime de homicídio o feminicídio.

Veja mais AQUI

(Diário do Nordeste).

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 25 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalha atualmente na Rádio Paraíso FM-101,1 Mhz, com o Programa FORRONEJO e em 2018 estreamos com o Programa A HORA DA NOTÍCIA, a partir das 12 hs. Participo ainda do Programa Alô Alô Zona Norte na Rádio Tupinambá de Sobral, com o quadro "moendo a notícia", onde faço comentários sobre os principais fatos da nossa política.

Deixe um comentário