ago
2
2019

CEARÁ – Hackers que invadiram celular de Moro também quebraram sigilo do senador Cid Gomes.

O senador Cid Gomes (PDT-CE) também foi alvo do hackers presos na semana passada no interior de São Paulo. O cearense é uma das vítimas de Walter Delgatti Neto, apontado pela Polícia Federal como chefe do esquema que acessou centenas de mensagens trocadas pelo Telegram por autoridades, entre elas, o presidente Jair Bolsonaro e o ministro Sérgio Moro.
Em entrevista ao Estado de S. Paulo, Cid afirma que isso reforça sua posição de que é preciso investigação ampla em uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI). “Ao que parece, são quatro pessoas que estão muito longe de serem especialistas. Se estão fazendo isso, pessoas com maior conhecimento podem fazer muito mais”, declarou Cid.
A área de trabalho de um laptop atribuído a Delgatti em poder da Polícia Federal expõe dezenas de atalhos com os nomes de autoridades. Lá aparecem “Witzel”, possivelmente o governador do Rio, Wilson Witzel (PSC), e o ex-governador do Rio Luiz Fernando Pezão (MDB), preso pela Lava Jato. A PF apura quem teve mensagens capturadas, de fato, ou se houve apenas uma tentativa.
(Via A voz de Santa Quitéria)

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 25 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, sob o Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalho atualmente na Rádio Paraíso FM-101,1 Mhz, onde apresento o Programa HORA DA NOTÍCIA - no horário de 11hs ás 13 horas. Nas tardes da Paraíso FM levo alegria de descontração no Programa FORRONEJO de 15hs ás 17 horas. Se ligue com a gente e venha curtir o melhor da informação e do entretenimento musical.

Deixe um comentário