maio
23
2016

MERUOCA – DENUNCIA: Vereador denuncia que criança dada como morta em hospital municipal é jogada em necrotério ainda com vida.

sessao meruoca
O vereador Carlos José do Pimenta, na Sessão Itinerante realizada no distrito de Anil na quinta-feira (19), confirmou as denúncias, e contou mais detalhes do caso. Disse o edil, que o pai da criança (uma menina), é conhecido como seu Zé, e que ele com a mulher moram na localidade de Gameleira-Anil (Meruoca), e que ao ver sua esposa em trabalho de parto (estava com seis meses de grávida), pediu um amigo uma moto e se dirigiu ao hospital municipal, para solicitar uma ambulância, para transportá-la. Chegando ao nosocômio, na madrugada de terça para quarta-feira, teria sido recebida por uma equipe médica na madrugada, sendo o médico conhecido por Dr. Vicente. Este ao constatar a morte da criança tratou de assinar e liberar o atestado de óbito, mandando o corpo para a pedra fria do necrotério do hospital, ainda na madruga, e enviou a mãe para hospital em Sobral.
Explicou ainda o vereador Carlos José, que a outra equipe médica quando chegou e foi ao necrotério, informada que teria ali um corpo de uma criancinha de seis meses, os profissionais verificaram que ao contrário que o médico tinha diagnosticado na certidão de óbito, a criancinha ainda estava viva, sendo socorrida imediatamente e mandada para Hospital Regional de Sobral, não conseguindo resistir e vindo a falecer.
O edil Carlos José disse ainda, que este médico chamado Vicente, atendia no distrito de Santo Antônio dos Camilos, e que havia denunciado a secretária de Saúde, a sua forma ignorante de tratar as pessoas, mais Sabrina Frota fez vista grossa e não fez absolutamente nada. “Acho um absurdo o valor que tem a vida nessa gestão de Meruoca. Uma polêmica por causa de uma festa no estádio municipal, o prefeito emitiu uma nota dando explicação pelo cancelamento da festa. Mais esse caso que afeta toda uma família, que uma criancinha morre, até o presente momento não houve manifestação de ninguém. Nem prefeito, nem secretária de Saúde e muito menos o Procurador da prefeitura de Meruoca, como se não tivesse acontecido absolutamente nada. Procuramos a família, juntamente com a vereadora Ana Carina, para vermos como está a situação, mais pasmem os senhores, até o momento nenhum assistente social, psicólogo ou outro profissional da saúde, não apareceram para dar qualquer apoio. Peço a presidente Carla Mara, que coloque a disposição da família a Assessoria Jurídica da Câmara, porque esse caso de negligência médica não pode ficar impune”. Concluiu o edil Carlos José.
Fonte: www.camarameruoca.ce.gov.br

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 25 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalha atualmente na Rádio Paraíso FM-101,1 Mhz, com o Programa FORRONEJO e em 2018 estreamos com o Programa A HORA DA NOTÍCIA, a partir das 12 hs. Participo ainda do Programa Alô Alô Zona Norte na Rádio Tupinambá de Sobral, com o quadro "moendo a notícia", onde faço comentários sobre os principais fatos da nossa política.

Deixe um comentário