jun
11
2014

SOBRAL – Secretária de Saude Monica Lima dar explicações sobre a “falta de medicamentos nos Postos de Saúde.”

a boa monica

A Secretária de Saúde de Sobral, Dra. Mônica Lima, e o Coordenador da Central de Abastecimento Farmacêutico, Dr. Régis, estiveram na manhã desta quarta feira(10), no Programa Azaias Nicolau da Rádio Paraíso FM-101,1 Mhz, dando explicações sobre a situação da falta de medicamentos em Sobral. Vários ouvintes ligaram contando casos de medicamentos que estariam faltando nos Posto de Saúde(CSF) em alguns bairros da cidade. Há casos de medicamentos de uso contínuo, que pacientes estariam a mais de um mês sem recebê-los.

Dra. Mônica participou do debate, explicou que alguns medicamentos distribuídos pelo município são de responsabilidade do Estado e que demorar não depende do município, já outros casos, acontecem devido problemas de licitações para aquisição desses medicamentos. Dra. Mônica explicou ainda, que a ordem do Prefeito Veveu é não deixar faltar medicamentos, que por Lei, Sobral deveria investir na compra em torno de 1 milhão por ano, mas por uma decisão do Prefeito em comum acordo com a Secretaria de Saúde, observando as necessidades do município o orçamento da compra de medicamentos para o ano inteiro chega aproximadamente 5 milhões.

Alguns caso pontuais foram citados no programa, onde o Dr. Régis se comprometeu a resolvê-los no mais breve espaço de tempo. A compra de medicamentos da cidade de Sobral é descentralizada do Estado do Ceará, podendo fazer as licitações necessárias. Ressalta Dra. Mônica, que apenas Fortaleza e Sobral as compras são descentralizadas, o restante dos municípios participam de uma pactuação com o Estado para aquisição de medicamentos mais baratos e em grandes quantidades.

Com relação a matéria divulgada no Diário do Nordeste, onde incluía o nome de Sobral entre os envolvidos num suposto desvio de medicamentos de tarja preta com o nome de Venda Proibida, encontrados em uma farmácia na Capital Cearense. Dra. Mônica disse que foi um equívoco por parte do Jornal e que já encaminhou a Delegacia de Furtos e Roubas de Fortaleza pedido de explicações sobre o envolvimento do nome de Sobral nesse escândalo. A Secretária garante que todo o medicamento adquirido pelo município têm o devido controle de tráfico, desde a sua chegada a CAF até o destino final, o paciente.

Muito necessária as explicações feitas pela Secretária de Saúde Dra. Mônica Lima e do Coordenador da CAF – Dr. Régis.

Fonte: Sobral Agora. 

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 25 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalha atualmente na Rádio Paraíso FM-101,1 Mhz, com o Programa FORRONEJO e em 2018 estreamos com o Programa A HORA DA NOTÍCIA, a partir das 12 hs. Participo ainda do Programa Alô Alô Zona Norte na Rádio Tupinambá de Sobral, com o quadro "moendo a notícia", onde faço comentários sobre os principais fatos da nossa política.

Deixe um comentário