jul
24
2012

Polícia prende Bandidos que assassinaram PM no Tianguá(CE).

O soldado da Polícia Militar Estanley Lima, 36, foi morto, ontem, em Tianguá (a 335 Km de Fortaleza), quando, supostamente, fazia a escolta do carro pagador de um supermercado. Quatro suspeitos do crime foram detidos. Neste ano, nove PMs foram mortos no Ceará.

De acordo com o delegado Gilk Santos, da Delegacia Regional de Tianguá, no fim da manhã de ontem, o militar seguia no automóvel dele, atrás de um carro que transportava valores para um supermercado. Em um semáforo, o carro pagador e o do PM foram interceptados por quatro homens em duas motos, que roubaram a quantia de, aproximadamente, R$ 20 mil.

Durante o roubo, os bandidos efetuaram vários disparos, dois deles atingiram a cabeça do PM. Estanley, que estava há 14 anos na Corporação, foi levado para o hospital, mas não resistiu.

Presos

Após a morte do policial, uma operação foi realizada na região para capturar os acusados. Policiais civis e patrulhas do Policiamento Ostensivo Geral (POG) e do Ronda do Quarteirão, sob o comando do tenente-coronel Gilvandro Oliveira e do major PM Paulo de Tasso, prenderam os acusados e apreenderam uma arma, três motos e a quantia de R$ 17.680,00, que teria sido roubado do carro pagador.

O delegado divulgou apenas os primeiros nomes dos suspeitos. Segundo ele, três homens identificados como Dário, Breno e Victor foram autuados pela participação direta no crime. Breno teria feito os disparos. Um irmão de Dário, identificado como Romário, também foi detido, mas segundo Santos, foi ouvido na condição de testemunha e deverá ser liberado.

De acordo com o major PM Paulo de Tasso, o primeiro a ser preso foi Breno. Ele foi detido na localidade do Cipó, entre Tianguá e Viçosa. Romário foi detido em seguida e, posteriormente, mais dois suspeitos (Dário e Victor) acabaram sendo capturados pela Polícia. Conforme o oficial, Dário teria reagido à abordagem e baleado na coxa.

O oficial negou a informação de que o PM fazia a escolta do carro-pagador quando foi morto. O delegado Gilk Santos disse que não falaria sobre esse fato.

(Diário do Nordeste)

Fonte: Sobral Agora.

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 25 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, sob o Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalho atualmente na Rádio Paraíso FM-101,1 Mhz, onde apresento o Programa HORA DA NOTÍCIA - no horário de 11hs ás 13 horas. Nas tardes da Paraíso FM levo alegria de descontração no Programa FORRONEJO de 15hs ás 17 horas. Se ligue com a gente e venha curtir o melhor da informação e do entretenimento musical.

Deixe um comentário