maio
17
2012

“O Fabuloso contador de histórias”, no Theatro São João. É grátis…

O espetáculo O Fabuloso Catador de Histórias traz ao palco a magia contagiante das brincadeiras infantis, mostrando ao público o maravilhoso mundo do reinventar. Tendo como personagens principais  cinco crianças e um sábio catador de lixo, a peça aprimora valores sem perder a inocência, exercitando o lúdico e ensinando através da contação de histórias.


O velho catador utiliza o clássico “A Branca de Neve” para levar a cinco crianças a descoberta de um mundo cheio de possibilidades. Nessa nova estória, Branca de Neve insatisfeita com sua vida de princesinha boba, resolve fugir com o circo e descobrir sua verdadeira identidade. A partir daí começa sua aventura…
O grupo utiliza projeções, efeitos especiais, figurino colorido e confeccionado com materiais reciclados, músicas alegres feitas e coreografadas especialmente para o espetáculo.
“O Fabuloso Catador de Histórias” é ,também, um encontro de gerações. Num mesmo palco,talentos renomados e jovens atores dividem o espaço mostrando que é possível a convivência entre gerações distintas. O respeito pelo ser humano ,pela natureza e o cuidado com o meio-ambiente norteiam o espetáculo.
“O Fabuloso Catador de Histórias”, recebeu do Balaio o Destaque do Ano 2010, categoria Espetáculo Infantil.
SERVIÇO:
Dia 19 (sábado)
17h – Espetáculo “O Fabuloso Catador de Histórias”
Grupo de Teatro Boca Rica (Fortaleza/CE)
Local: Theatro São João
Acesso: Gratuito
 

Secretaria da Cultura e Turismo de Sobral
Fones: (88)3611-2712 ou (88)3611-2956

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 25 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, sob o Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalho atualmente na Rádio Paraíso FM-101,1 Mhz, onde apresento o Programa HORA DA NOTÍCIA - no horário de 11hs ás 13 horas. Nas tardes da Paraíso FM levo alegria de descontração no Programa FORRONEJO de 15hs ás 17 horas. Se ligue com a gente e venha curtir o melhor da informação e do entretenimento musical.

Deixe um comentário