out
2
2019

SOBRAL – Deputado Moses Rodrigues visita setor de Hemodiálise da Santa Casa de Sobral.

Nesta quarta feira(2), a partir das 17h, o diretor da Santa Casa de Sobral, Klebson Carvalho, e o deputado Moses Rodrigues, estarão visitando o setor de Hemodiálise, cujo através de emenda parlamentar do deputado foi possível adquirir 19 novas máquinas.

Saiba mais 

Referência no procedimento de Terapia Renal Substitutiva (TRS), a Santa Casa de Misericórdia de Sobral recebeu, neste mês, mais 19 máquinas para a unidade de hemodiálise. O setor atende 245 pacientes por meio do Sistema Único de Saúde. Em média, são realizados 120 procedimentos de diálise por dia, nos três turnos, de segunda a sábado. Durante o procedimento de diálise, ocorre a filtragem de sangue, que normalmente é feita pelos rins. Os pacientes que necessitam fazer o procedimento, que dura em média quatro horas, fazem sessões três vezes por semana.

As novas 19 máquinas foram adquiridas com recursos públicos liberados por meio de uma emenda parlamentar do deputado federal Moses Rodrigues, no valor de R$ 999.989,00 reais.

O serviço de Hemodiálise da Santa Casa conta com equipe multiprofissional formada por psicólogo, nutricionista, assistente social, enfermeiros, técnicos de enfermagem e médicos nefrologistas, além de profissionais que atuam no setor administrativo. Os pacientes que passam pelo procedimento contam com alimentação durante todo o dia e têm uma dieta personalizada, atualizada regularmente pela nutricionista do setor.

(Fonte: Assessoria de Comunicação/SCMS

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 25 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalha atualmente na Rádio Paraíso FM-101,1 Mhz, com o Programa FORRONEJO e em 2018 estreamos com o Programa A HORA DA NOTÍCIA, a partir das 12 hs. Participo ainda do Programa Alô Alô Zona Norte na Rádio Tupinambá de Sobral, com o quadro "moendo a notícia", onde faço comentários sobre os principais fatos da nossa política.

Deixe um comentário