maio
4
2019

BRASIL -Com gasto acima de 12 milhões: Palácio do Planalto lançará campanha publicitária sobre reforma da Previdência para conseguir apoio da população.

O Palácio do Planalto anunciou, na noite dessa sexta-feira (3), que lançará uma campanha publicitária a favor da proposta de reforma da Previdência, na segunda quinzena de maio. Com o mote “Nova Previdência, pode perguntar”, as propagandas serão veiculadas em rádio, televisão, jornais e internet. O governo também pretende espalhar outdoors em algumas cidades.

De acordo com o Planalto, a ideia é explicar que as mudanças na Previdência vão promover justiça social e ampliar a capacidade de investimento do país. O objetivo da campanha é conseguir apoio popular para aprovar a reforma.

As mensagens abordam, entre outros assuntos, a redução de privilégios históricos do sistema previdenciário brasileiro, que inclui a diminuição da contribuição de quem ganha menos e o aumento da contribuição de quem ganha mais; a manutenção das regras vigentes para quem já está aposentado; o aumento dos recursos para a Educação; e a economia promovida a Estados e municípios, o que vai auxiliar no equilíbrio das contas públicas, diz o governo em nota.

As peças publicitárias usarão cores da bandeira do Brasil, o verde e o amarelo. A nova estratégia do governo na divulgação da reforma ocorre um mês após haver uma troca na Secretaria de Comunicação Social (Secom), quando Fabio Wajngarten assumiu no lugar de Floriano Barbosa. A campanha da Nova Previdência foi formulada pela Secom e produzida pela Agência Artplan.

DO SOBRAL AGORA.

Emperrada no Congresso Nacional desde o final de 2016, a reforma da Previdência ainda está longe de economizar o R$ 1 trilhão prometido pelo governo, mas já consumiu R$ 183 milhões em campanhas publicitárias, pesquisas e até em sites que não existem mais. De acordo com levantamento feito pelo UOL, esse valor foi contratado durante a gestão do ex-presidente Michel Temer (MDB).

Seguindo o mesmo percurso do governo anterior, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) acaba de autorizar o gasto inicial de mais de R$ 12 milhões em campanhas sobre a Reforma da Previdência.

Para isso, não falta recursos…

(Via Ceará agora)

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 25 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalha atualmente na Rádio Paraíso FM-101,1 Mhz, com o Programa FORRONEJO e em 2018 estreamos com o Programa A HORA DA NOTÍCIA, a partir das 12 hs. Participo ainda do Programa Alô Alô Zona Norte na Rádio Tupinambá de Sobral, com o quadro "moendo a notícia", onde faço comentários sobre os principais fatos da nossa política.

Deixe um comentário