fev
14
2019

CEARÁ – Presidente Sarto destaca importância da transparência nos debates da Assembléia Legislativa.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado José Sarto (PDT), considera que é papel de qualquer agente público, seja ele vereador, deputado estadual ou federal, ter a capacidade de discutir o Brasil de maneira transparente. A declaração foi feita no programa Narcélio Limaverde, da rádio FM Assembleia (96,7MHz), na manhã desta segunda-feira (11/02).

Para José Sarto, o Brasil vive um momento em que os parlamentos estaduais serão instados a se pronunciar sobre a macropolítica nacional, e isso também é de abrangência de mandato.“Para além das funções constitucionais de um deputado, como elaborar projetos de lei, representar a sociedade do seu estado e fiscalizar o Executivo, hoje é imperativo de um agente público com mandato promover um debate sobre a sociedade e o tipo de País que queremos”, enfatizou.

O parlamentar também apontou a área da saúde como um tema que deve ser colocado na ordem do dia das discussões. Na avaliação dele, o problema da saúde pública no Brasil deve ser visto de uma maneira bem abrangente.“Temos uma divisão de responsabilidades na gestão dessa área, envolvendo os entes federal, estaduais e municipais, que precisa ser mais bem aprofundada e, além disto, sabemos que o financiamento da saúde pública no País vem se deteriorando ao longo das últimas décadas”, salientou.

O presidente da AL destacou que as últimas gestões do Estado têm se esforçado para investir na questão da saúde. “Nos governos Cid Gomes e Camilo Santana foram inaugurados hospitais em Sobral, Juazeiro do Norte, Quixeramobim, Jaguaribe, foi reformado o Hospital Geral de Fortaleza (HGF), construídas diversas policlínicas e Centros de Especialidades Odontológicas (CEOs), enfim, uma rede de equipamentos que há 10, 12 anos não tínhamos”, assinalou. José Sarto destacou ainda o sistema de comunicação do Poder Legislativo do Estado. “Lembro-me que há 12 anos, ainda na gestão do presidente Marcos Cals, começamos o projeto da TV Assembleia e fui a Brasília conversar com o ministro das telecomunicações sobre o tema. Hoje a TV conta com um canal livre, e a rádio FM Assembleia tem inserção e audiência significativas, com uma programação diferenciada”, elogiou.

O deputado  acrescentou que  a comunicação é fundamental para qualquer sociedade. “Os veículos de comunicação da Casa devem primar por mostrar o Ceará em diversas facetas.”

Fonte: RG/AT

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 25 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalha atualmente na Rádio Paraíso FM-101,1 Mhz, com o Programa FORRONEJO e em 2018 estreamos com o Programa A HORA DA NOTÍCIA, a partir das 12 hs. Participo ainda do Programa Alô Alô Zona Norte na Rádio Tupinambá de Sobral, com o quadro "moendo a notícia", onde faço comentários sobre os principais fatos da nossa política.

Deixe um comentário