set
7
2017

CEARÁ – VIOLÊNCIA: Tiros e correria generalizada em Morrinhos dispersa final de desfile cívico em alusão a independência e em comemoração aos 60 anos de emancipação do município.

A cidade de Morrinhos comemorou ontem, 06 de setembro, 60 anos de emancipação política. Por esse motivo, o tradicional desfile cívico, que ocorre nas demais cidades brasileiras dia 07, aqui acontece um dia antes.
Infelizmente, a noite que era para ser de alegria, foi marcada pela violência, pelo pânico generalizado e por muita aflição de centenas de pessoas.
O desfile cívico em alusão a independência da república e em comemoração aos 60 anos de emancipação de Morrinhos, começou por volta das 17hs, partido do bairro São José, passando pelo centro e com término marcado para a praça Edward Silveira, onde a prefeitura municipal de Morrinhos organizou uma bonita festa, no início do bairro São Luís.
O desfile cívico de Morrinhos, reúne todas as escolas municipais, a escola estadual Carminha Vasconcelos e o colégio Cônego Saraiva. Além das escolas daqui, o evento contou também nesse ano com a presença dos alunos morrinhenses que estudam na escola profissionalizante Monsenhor Waldir Lopes de Castro, da cidade do Marco. Centenas de pessoas acompanham da calçada de suas casas a passagem dos alunos. No final, estudantes, pais, autoridades políticas e a população em geral, se reúnem para a cerimônia onde os representantes políticos falam sobre o dia da emancipação de Morrinhos e da independência do Brasil. Nesse momento é executada algumas apresentações e cantado o hino nacional.
Ontem, entretanto, apenas quando alguns alunos de duas escolas haviam chegado a praça Edward Silveira, houve um dispara de um tiro no meio da multidão.

De início, apenas um pequeno grupo de pessoas se assustou e saiu correndo. O locutor oficial do evento tentou acalmar a multidão, mas, logo depois, vários disparos ocorreram. Centenas de pessoas correram buscando abrigo para se protegerem das balas. Pais buscavam seus filhos que estavam desfilando, tentando levá-los para uma local seguro. Muitas pessoas entraram nas casas das circunvizinhanças com medo de serem atingidas por algum tiro.

Nesse momento, havia nas proximidades apenas uma viatura da polícia militar. Infelizmente todo o desfile foi disperso pelo pânico generalizado.
Uma professora que participou do evento relatou em sua página no Facebook, após encontrar um cartaz que era carregado por uma criança – deixado no chão – depois da correria.

“Um desfile cívico tão bonito! As escolas tão bem representadas, os professores, os alunos; tanta dedicação… De uma hora pra outra tudo se torna um desespero! O instinto era de correr e ao mesmo tempo a preocupação com as crianças.  Depois de tudo se acalmar, no retorno para casa, naquele mesmo cenário que vivenciou o desespero causado pela violência vejam só o que eu encontro.”
Cerca de 30 minutos depois do ocorrido, o reforço policial chegou na cidade. Pelos menos três viaturas com PMs da região, se deslocaram até Morrinhos. Suspeita-se que os responsáveis pelos tiros que levaram pânico a população morrinhense, nesse dia que era pra ser marcado pela alegre, façam parte de gangues que atuam na cidade.
O prefeito municipal de Morrinhos, em sua página oficial no Facebook, não deixou de falar sobre o ocorrido, mas deu maior ênfase a linda festa feita pelos morrinhenses.
 
“Amigos, quero neste dia parabenizar todas as Escolas que de uma forma jamais vista, deram o seu máximo para que nosso Desfile Cívico fosse memorável. Gostaria também de parabenizar a Secretaria de Educação, Cultura e Desporto, por toda dedicação em realizar um evento grandioso, na altura de nosso município. Fiz questão de acompanhar toda Semana Alusiva aos 60 anos de Emancipação Política, e asseguro que esse infeliz episódio de violência ocorrido, não apaga o trabalho e dedicação de todos que fizeram acontecer no dia de hoje.”.
Histórico
 
Infelizmente, não é a primeira vez que eventos públicos em Morrinhos são marcados por fatos dessa natureza, como ocorreu ontem. Várias festas na cidade já foram interrompidas por tiros, brigas entre gangues rivais, que vez por outra encontram-se e levam o pânico a centenas de pessoas de bem. Todavia é importante que seja dito, essa foi a primeira vez que aconteceu em pleno desfile cívico em nossa cidade.
Fonte: Blog Sitio Alegre.

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 25 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalha atualmente na Rádio Paraíso FM-101,1 Mhz, com o Programa FORRONEJO e em 2018 estreamos com o Programa A HORA DA NOTÍCIA, a partir das 12 hs. Participo ainda do Programa Alô Alô Zona Norte na Rádio Tupinambá de Sobral, com o quadro "moendo a notícia", onde faço comentários sobre os principais fatos da nossa política.

Deixe um comentário