abr
12
2017

CEARÁ – Na luta por reajuste, professores de Fortaleza divulgam agenda que inclui escracho até na casa do prefeito.

O Sindiute, entidade representativa dos professores de Fortaleza, divulgou, nesta terça-feira, uma agenda de pressão política cujo alvo é o prefeito Roberto Cláudio (PDT). A divulgação ocorre no mesmo dia em que o Poder Judiciário do Estado do Ceará deu parecer declarando a greve da categoria ilegal. Os servidores deflagraram greve desde o dia 15 de março e no último dia 3 ocuparam o sétimo andar prédio da Secretaria da Educação de Fortaleza (SME). A categoria representada pelo Sindicato Único dos Trabalhadores do Ceará (Sindiute) reivindica reajuste salarial de 7,64%.

A decisão foi promulgada pelo desembargador Inácio de Alencar Cortez Neto e considera a greve “ilegal” e “abusiva”.

Os docentes municipais dizem que a ordem é pressão pró-reajuste salarial, cuja data-base é janeiro. Sobre o tema, o prefeito avisa que só discute o tema em maio.

Confira a agenda de protestos

Via Eliomar de Lima

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 20 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalha atualmente nas Rádios Paraíso FM-101,1 Mhz, com o Programa FORRONEJO e na Rádio Coqueiros FM -95,3 Mhz, no Programa HORA DA NOTÍCIA. Participo do Programa Alô Alô Zona Norte na Rádio Tupinambá AM de Sobral, com o quadro "moendo a notícia", onde faço comentários sobre os principais fatos da nossa política.

Deixe um comentário