ago
12
2013

BRASIL – Mais médicos: 54% dos brasileiros aprovam vinda de estrangeiros.

Pesquisa Datafolha revela aumento na aprovação de contratação de médicos estrangeiros para trabalhar em regiões remotas do País; índice passou de 47% no fim de junho para 54% na semana passada; da mesma forma, caiu a rejeição ao programa anunciado há pouco mais de um mês, de 48% para 40%; ministro da Saúde, Alexandre Padilha, que foi alvo de protestos e chegou a ser chamado de “Judas” pela classe médica, pode dizer que valeu a persistência; programa vai ganhando a aprovação dos brasileiros.

A MÉDICOS

Br 247 – De alvo de protestos da classe médica, o programa Mais Médicos, anunciado pelo governo federal há pouco mais de um mês, começa a ganhar a aprovação dos brasileiros. Pesquisa do Instituto Datafolha divulgada nesta segunda-feira(12/08) revela que aumentou a aprovação da população em relação à medida que prevê a contratação de médicos estrangeiros para trabalhar em regiões remotas do País.

O índice de aprovação passou de 47%, no final de junho, para 54% no último levantamento, realizado entre quarta e sexta-feira da última semana. Da mesma forma, caiu o índice de rejeição ao programa, que passou de 48% em junho para 40%. O Datafolha entrevistou 2.615 pessoas de 160 cidades brasileiras. A margem de erro é de dois pontos percentuais para cima ou para baixo.

A maioria (60%) que aprova as iniciativas do programa é da região Nordeste do País, uma mostra de que a população que convive no dia a dia com a falta de médicos aprova a contratação de mais profissionais, mesmo que sejam de outros países. A primeira rodada de contratações do programa atendeu a 6% da demanda municipal. A nova chamada é para médicos estrangeiros: Espanha, Argentina e Portugal são, pela ordem, os mais numerosos na lista de incrições.

Alvo de críticas

O programa foi recebido por uma avalanche de críticas e foi alvo de manifestações da classe médica em diversos estados brasileiros, mas agora vai revelando sua aceitação em meio à população geral – a iniciativa já era aceita pela população mais carente, assim como por prefeitos de municípios que necessitam dessa categoria de profissional. A pesquisa divulgada hoje pela Folha revela que, daqui em diante, a tendência é que a aprovação só cresça.

Bandeira

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, virou boneco de Judas dos médicos que protestaram nas ruas do País e disseram sentir-se traídos pelo governo federal. Num evento no Maranhão, um grupo chegou a virar as costas para o ministro. Mas agora Padilha pode respirar com mais alívio, depois de ter persistido na importância da proposta. O programa pode vir a ser sua bandeira na candidatura ao governo de São Paulo em 2014.

Fonte: Brasil 247.

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 25 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalha atualmente na Rádio Paraíso FM-101,1 Mhz, com o Programa FORRONEJO e em 2018 estreamos com o Programa A HORA DA NOTÍCIA, a partir das 12 hs. Participo ainda do Programa Alô Alô Zona Norte na Rádio Tupinambá de Sobral, com o quadro "moendo a notícia", onde faço comentários sobre os principais fatos da nossa política.

Deixe um comentário

Curta nossa página

Veja posts mais antigos

Fale conosco

Hora certa

A voz de Sobral em Brasília

Deputado Federal Moses Rodrigues

Parceiros do Blog

Tel: (88) 3611-4536

MAIS DE 20 ANOS DE SUCESSO

Rua cel. Ernesto Deocleciano, 660 - centro - Sobral - ceará

Fone: (88)3613-2127

Forronejo na Fm Paraíso