ago
12
2013

BRASIL – Mais médicos: 54% dos brasileiros aprovam vinda de estrangeiros.

Pesquisa Datafolha revela aumento na aprovação de contratação de médicos estrangeiros para trabalhar em regiões remotas do País; índice passou de 47% no fim de junho para 54% na semana passada; da mesma forma, caiu a rejeição ao programa anunciado há pouco mais de um mês, de 48% para 40%; ministro da Saúde, Alexandre Padilha, que foi alvo de protestos e chegou a ser chamado de “Judas” pela classe médica, pode dizer que valeu a persistência; programa vai ganhando a aprovação dos brasileiros.

A MÉDICOS

Br 247 – De alvo de protestos da classe médica, o programa Mais Médicos, anunciado pelo governo federal há pouco mais de um mês, começa a ganhar a aprovação dos brasileiros. Pesquisa do Instituto Datafolha divulgada nesta segunda-feira(12/08) revela que aumentou a aprovação da população em relação à medida que prevê a contratação de médicos estrangeiros para trabalhar em regiões remotas do País.

O índice de aprovação passou de 47%, no final de junho, para 54% no último levantamento, realizado entre quarta e sexta-feira da última semana. Da mesma forma, caiu o índice de rejeição ao programa, que passou de 48% em junho para 40%. O Datafolha entrevistou 2.615 pessoas de 160 cidades brasileiras. A margem de erro é de dois pontos percentuais para cima ou para baixo.

A maioria (60%) que aprova as iniciativas do programa é da região Nordeste do País, uma mostra de que a população que convive no dia a dia com a falta de médicos aprova a contratação de mais profissionais, mesmo que sejam de outros países. A primeira rodada de contratações do programa atendeu a 6% da demanda municipal. A nova chamada é para médicos estrangeiros: Espanha, Argentina e Portugal são, pela ordem, os mais numerosos na lista de incrições.

Alvo de críticas

O programa foi recebido por uma avalanche de críticas e foi alvo de manifestações da classe médica em diversos estados brasileiros, mas agora vai revelando sua aceitação em meio à população geral – a iniciativa já era aceita pela população mais carente, assim como por prefeitos de municípios que necessitam dessa categoria de profissional. A pesquisa divulgada hoje pela Folha revela que, daqui em diante, a tendência é que a aprovação só cresça.

Bandeira

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, virou boneco de Judas dos médicos que protestaram nas ruas do País e disseram sentir-se traídos pelo governo federal. Num evento no Maranhão, um grupo chegou a virar as costas para o ministro. Mas agora Padilha pode respirar com mais alívio, depois de ter persistido na importância da proposta. O programa pode vir a ser sua bandeira na candidatura ao governo de São Paulo em 2014.

Fonte: Brasil 247.

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 25 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalha atualmente na Rádio Paraíso FM-101,1 Mhz, com o Programa FORRONEJO e em 2018 estreamos com o Programa A HORA DA NOTÍCIA, a partir das 12 hs. Participo ainda do Programa Alô Alô Zona Norte na Rádio Tupinambá de Sobral, com o quadro "moendo a notícia", onde faço comentários sobre os principais fatos da nossa política.

Deixe um comentário

Anuncie aqui!

Faculdades Uninta

Faculdades Uninta

Image and video hosting by TinyPic

Curta nossa página

Veja posts mais antigos

Fale conosco

Hora certa

A voz de Sobral em Brasília

Deputado Federal Moses Rodrigues

Parceiros do Blog

Tel: (88) 3611-4536

MAIS DE 20 ANOS DE SUCESSO

Rua cel. Ernesto Deocleciano, 660 - centro - Sobral - ceará

Fone: (88)3613-2127



Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player


Forronejo na Fm Paraíso