mar
7
2018

SOBRAL – DENUNCIA: MPF denuncia Cid por desmatamento irregular de 15 mil m² em APA da Serra da Meruoca.

Ministério Público Federal (MPF/CE) denunciou, nesta terça-feira (6), o ex-governador Cid Gomes (PDT) pela prática de desmatamento e construção irregular em Área de Preservação Ambiental (APA) da Serra da Meruoca, no Norte do Ceará. Além de Cid, também é réu na denúncia Antonio Disraeli Azevedo Ponte, sócio -administrador da empresa.

Cid é sócio-proprietário da empresa Condomínio Terra Nova e Comunicação, responsável por desmatar, sem qualquer autorização, 1,4 hectare de vegetação nativa para construção de um condomínio de luxo.

A obra irregular foi embargada no dia 6 de junho de 2017 por agentes de fiscalização do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e agentes ambientais do Ibama. Na ocasião, Cid Gomes ainda foi multado em mais de R$ 6 milhões pela construção irregular.

Segundo o MPF, Cid e sua empresa não possuem qualquer autorização para realizar a obra, que somente seria possível para fins de utilidade pública ou interesse social e, ainda nesses casos, seria imprescindível a autorização do órgão ambiental competente, o que não aconteceu.

Cid, o perseguido

Na ocasião do embargo da obra, Cid afirmou que estava sendo alvo de perseguição pelo Ibama, órgão que sequer é o responsável pela área. A versão da perseguição também é defendida pelo seu irmão, o presidenciável Ciro Gomes (PDT), que chegou a afirmar que a APA da Meruoca é “vendida em lotes”.

Confira fotos do local:

 

Fonte: Ceará News7 

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 25 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, sob o Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalho atualmente na Rádio Paraíso FM-101,1 Mhz, onde apresento o Programa HORA DA NOTÍCIA - no horário de 11hs ás 13 horas. Nas tardes da Paraíso FM levo alegria de descontração no Programa FORRONEJO de 15hs ás 17 horas. Se ligue com a gente e venha curtir o melhor da informação e do entretenimento musical.

Deixe um comentário