jun
7
2013

SOBRAL – 20 ANOS DA GRENDENE EM SOBRAL – UMA HISTÓRIA PRA CONTAR.

DSC01721

Diretor Nelson Rossi ao lado do Prefeito Veveu Arruda(PT), do Presidente da Câmara Itamar Ribeiro e de outros diretores,  fizeram um breve  histórico de sucesso da Grendene desde o inicio de tudo.

Em 1971, os irmãos Pedro e Alexandre Grendene constituíram a Plásticos Grendene Ltda., na cidade de Farroupilha, no Rio Grande do Sul. Naquela época, as atividades da pequena indústria orientavam-se para a fabricação de embalagens plásticas para garrafões de vinho, uma inovação introduzida num mercado que até então só produzia tais embalagens em vime.

Era o princípio da utilização do plástico. Ainda em 1975, a empresa ampliou seu leque de atividades fabricando peças em plástico para máquinas e implementos agrícolas, tornando-se, a seguir, fornecedora de componentes para calçados como saltos, solas e cepas de nylon.

Contemplando o plástico mais uma vez, a Grendene lançou em 1978 a primeira sandália plástica, chamada Nuar.

Em 1979, observando as sandálias de tiras dos pescadores da Riviera Francesa, Pedro Grendene Bartelle teve a ideia que revolucionou a empresa e a moda: nascia a Melissa Aranha. A partir desse momento, a Melissa passou a ser conceito de produto de moda, sendo a primeira marca a fazer merchandising na televisão brasileira na novela “Dancing’ Days”.

A Grendene ganhou os pés das meninas quando foi lançada a Melissinha, sempre acompanhada de algum brinde. Desde então, a linha Kids da empresa não parou mais de crescer, apostando em licenciamentos, como Barbie, Disney, Hot Wheels e Moranguinho.

A estratégia de crescimento e evolução em tecnologia levou à diversificação de produtor até chegar em 1986, com o lançamento das sandálias Rider.

Em 1990, a Grendene instalou em Fortaleza a sua primeira unidade fabril no estado do Ceará, com capacidade anual de produção de 5 milhões de pares.

Três anos depois, em 1993, inaugurou uma unidade no município de Sobral que passou a se denominar Grendene Sobral S/A.  A partir daí, grandes mudanças ocorreram na vida dos sobralenses.

foto aerea

A Grendene contratou os arquitetos sobralenses, Edilson Aragão e Herbert Rocha, para a concepção do projeto da fábrica. Os arquitetos criaram um sistema construtivo inédito de montagem de materiais pré-fabricados permitindo que a obra fosse projetada e executada em 120 dias. Um recorde na construção civil cearense. A fábrica 1 contava com 16 mil m2 e empregava 794 pessoas.

Em 1995, a Grendene já iniciava a construção da Fábrica 2 com 15.800 m2 e 2.846 funcionários. Os reusultados na economia local já eram visíveis. Segundo dados do Manual do Investidor (2ª. edição) publicado pela Prefeitura de Sobral, a arrecadação de ICMS em Sobral, em 1995, aumentou em 223,2% após a instalação da Grendene.

A Grendene cresceu no Ceará. Em 1997, tiveram início as operações da Grendene em Crato e em Sobral iniciou-se a construção da Fábrica 3 com 16.600 m² e 6.463 funcionários. Neste mesmo ano, a Grendene iniciou seu Programa de Planejamento Familiar com foco na saúde da mulher em parceria com a BENFAM.

Outras empresas integraram a cadeia produtiva da Grendene. A Beplast, por exemplo, inaugurou naquele ano uma fábrica de pigmentos para PVC em Sobral, gerando cerca de 100 empregos diretos.

Em 1998, a Grendene construiu mais três fábricas em Sobral: a fábrica 4, com 2.400 m² para a produção de PVC e as fábricas 5 e 6 para a produção de calçados. No ano seguinte, a fábrica 4 já era ampliada ficando responsável pela produção da principal matéria-prima de toda a empresa, o PVC. A esta altura, a unidade da Grendene em Sobral já empregava 8.450 pessoas e produzia mais de 75 milhões de pares de calçados.

Em 2000, a Grendene ingressou na Campanha Natal sem Fome, mobilizando seus colaboradores na arrecadação de donativos para famílias carentes da região. A Campanha Natal Sem Fome, idealizada pelo sociólogo Herbert de Souza – Betinho –  em 1993 e implantada em Sobral pelo Pe. João Batista Frota, em 1997, consegue atingir cerca de 5 mil famílias necessitadas na região de Sobral. Os colaboradores da Grendene passaram a ser responsáveis pela maior quantidade de donativos arrecadados pela campanha.

O início do Século XXI em Sobral foi marcado pela evolução educacional graças à eficiente gestão pública. Este setor também foi impactado indiretamente pela Gredene que já mantinha parceria com o Instituto Ayrton Senna, cuja atuação está voltada para a educação infantil. Senninha é uma das marcas do Instituto licenciadas pela Grendene. Em 2001, o Município de Sobral, firmou parceria com o Instituto, conseguindo assim, fazer da educação municipal um modelo para todo o País.

Em 2002, a Grendene atingiu a impressionante marca de 10 mil funcionários, injetando receita na base da pirâmide social. Em continuidade ao desenvolvimento da cadeia produtiva dos calçados, instalou-se em Sobral a indústria de embalagens Embacel, gerando mais de 200 empregos diretos.

Em 2003, o presidente Lula esteve em Sobral inaugurando o primeiro Centro de Especialidades Odontológicas, lançando o programa Brasil Sorridente. Naquele ano, a Grendene já era a única empresa de Sobral a que manter um serviço odontológico permanente para seus colaboradores.

A GRENDENE PAREIROS

Em 2004, a Grendene abriu o seu capital e construiu a sua Carta de Valores. No ano seguinte, criou a Academia Grendene, com foco no desenvolvimento de gestores. Na época, 30% da População Economicamente Ativa de Sobral estava empregada na Grendene. A cidade ficou próxima do pleno emprego. Em 2008, a Grendene implantou seu Código de Conduta e passou a incentivar seus colaboradores de todos os níveis a praticá-lo. A Grendene passou a exigir o Ensino Fundamental completo para ingresso na empresa. Esta ação influenciou a busca por educação de jovens e adultos além de ajudar a promover uma cultura educacional na cidade.

Chegamos em 2009 com a empresa superando a marca histórica de 150 milhões de pares produzidos inteiramente no Brasil e atingindo o maior número de colaboradores de sua história em Sobral: 23.218 pessoas.

Na área de inclusão social, a Grendene recebeu o certificado Empresa Completa, Empresa que Inclui, outorgado pelo Governo do Estado do Ceará, através da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social e do SINE-IDT, que a reconhece  como uma organização com relevantes trabalhos na área da inclusão e apoio às pessoas com deficiência, na Regional Norte, sendo uma das empresas que mais inseriram profissionais nesta categoria, em 2011.

A Grendene fomenta a oportunidade de crescimento profissional dentro da empresa. Desde 2007, a Companhia tem como meta preencher, no mínimo, 70% das vagas ofertadas com a “prata da casa”, dessa forma incentiva as promoções profissionais e valoriza seus colaboradores. Ano a ano, esta meta vem sendo superada. As pessoas que trabalham na Grendene crescem com a companhia e com a região. Atualmente, 81% dos cargos de Supervisores e Analistas são preenchidos por cearenses.

A Receita Pública de Sobral depois da Grendene

O desenvolvimento da cidade de Sobral e de seus habitantes vem se transformando com a forte contribuição da Grendene, gerando o principal ativo circulante através da massa salarial injetada na base da pirâmide social, além do aumento da arrecadação nas três esferas governamentais.

No âmbito municipal, desde que a Grendene implantou-se em Sobral, a receita pública teve um incremento de 883%, já descontada a inflação. No âmbito estadual, a arrecadação estadual do ICMS em Sobral teve aumento real de 814% desde 1993.

a grendene gráfico

O principal indicador de aumento do poder aquisitivo da população é o imposto de renda de pessoa física arrecadado em Sobral.

Desde 1993, quando a Grendene chegou a Sobral, a arrecadação do imposto de renda de pessoa física teve um crescimento real de seis vezes.

Isto significa que, depois da instalação da empresa, houve aumento nos ganhos dos sobralenses.

Novos Projetos

Sobral comemora 240 anos e pela segunda vez consecutiva figura entre as 10 cidades do futuro das Américas com melhor relação custo-benefício, pelo guia de investimentos estrangeiros editados pelo grupo jornalístico britânico Financial Times.

Grendene comemora 20 anos de instalação em Sobral anunciando a construção de mais uma unidade, a Fábrica 8.

Realmente a parceria da Grendene com os sobralenses é um caso de sucesso e há muito o que comemorar.


Informações:

Herbert Rocha

Relações Públicas da Grendene S/A para Sobral
twitter: aurionarq

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 20 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalha atualmente nas Rádios Paraíso FM-101,1 Mhz, com o Programa FORRONEJO e na Rádio Coqueiros FM -95,3 Mhz, no Programa HORA DA NOTÍCIA. Participo do Programa Alô Alô Zona Norte na Rádio Tupinambá AM de Sobral, com o quadro "moendo a notícia", onde faço comentários sobre os principais fatos da nossa política.

Deixe um comentário

Veja posts mais antigos

Hora Certa

Fale Conosco

Sites e Blogs indicados

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

A VOZ DE SOBRAL EM BRASILIA.

Dep. Federal Pe. Zé - PP

Parceiros do Blog

20 ANOS DE SUCESSO EM SOBRAL

Rua cel. Ernesto Deocleciano, 660 - centro - Sobral - ceará

Fone: (88)3613-2127

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player