abr
13
2019

CEARÁ – Juri Popular condena os primeiros acusados da morte do radialista Gleydson Carvalho.

O Tribunal do Júri da Comarca de Camocim condenou, na noite da última quarta-feira, 10/04, após quase 11 horas de julgamento, os três primeiros acusados da morte do Radialista Gleydson Carvalho. A sentença, lida pelo Juiz Mikhail de Andrade Torres, que presidiu o júri, determinou uma pena de 27 anos de prisão para Thiago Lemos, julgado à revelia por estar foragido.

Gisele de Sousa Nascimento e Regina Rocha Lopes, também acusadas e presentes no banco dos réus, foram condenadas, cada uma, a 23 anos de prisão. O julgamento aconteceu no Plenário Deputado Murilo Aguiar, na Câmara Municipal. Outras 6 pessoas serão julgadas pela execução do jornalista.

Sobre o crime

Em 6 de agosto de 2015, dois homens assassinaram Gleydson Carvalho, de 33 anos, enquanto ele apresentava seu programa na Rádio Liberdade 90,3 FM, em Camocim(CE). A intolerância à liberdade de expressão teria sido o motivo da morte de Gleydson. Ele deixou esposa e duas filhas.

DO SOBRAL AGORA

Esse Crime chamou atenção de todos, pela covardia com que o profissional foi morto, dentro do estúdio, no hora em que apresentava seu programa. Soube que a LISTA de envolvidos neste crime é grande, mas até agora a polícia só conseguiu prender duas mulheres, que seria companheira dos suspeitos de terem atirado contra o radialista. Soube que Elas não participaram diretamente da ação. O restante dos envolvidos, inclusive o “político” que seria o mandante, continuam “livres”, rindo á toa. O matador está foragido.

Blog O Acaraú
com informações do Blog Camocim Online

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 25 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalha atualmente na Rádio Paraíso FM-101,1 Mhz, com o Programa FORRONEJO e em 2018 estreamos com o Programa A HORA DA NOTÍCIA, a partir das 12 hs. Participo ainda do Programa Alô Alô Zona Norte na Rádio Tupinambá de Sobral, com o quadro "moendo a notícia", onde faço comentários sobre os principais fatos da nossa política.

Deixe um comentário