jun
2
2018

CEARÁ – ALERTA: Número de mortes por Influenza aumenta para 59 no Ceará e iguala número de toda série histórica.

O número de óbitos por Influenza no Estado alcançou um número representativo. Até esta sexta, foram confirmadas 59 mortes em decorrência do vírus, segundo informou o boletim semanal expedido pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesa). Outras oito mortes ainda são investigadas.
Analisando a série histórica, iniciada em 2009, é possível constatar que o número de mortos pela doença em 2018 iguala o quantitativo de todos os outros anos juntos. Desde janeiro houve um aumento significativo no número de casos de síndromes respiratórias agudas, chegando a corresponder o equivalente a um quarto do total na série histórica (959). 2018 também é o ano em que se registra a maior incidência de casos da Influenza.
Os 372 casos confirmados de Influenza até o final de maio, representam mais que o triplo dos 103 casos confirmados em 2016, até então ano com maior incidência do vírus.
Fortaleza continua sendo a cidade com o maior número de casos e óbitos em decorrência do vírus: 554 casos foram notificados, 238 confirmados e 26 pessoas morreram no ano. Outras 23 cidades cearenses já registraram pelo menos uma morte por Influenza.
Outro índice preocupante é o de letalidade do vírus, que em comparação com o ano passado cresceu dois pontos percentuais, saltando de 13,9% para 15,9%. O índice de mortes pelo vírus se mantém variando numa média de 3 pontos percentuais desde 2016, quando alcançou 16,5%.
Perfil das vítimas

Os idosos e as crianças de 1 a 4 anos são as principais vítimas dos casos confirmados de influenza. Pessoas com esse perfil fazem parte do público-alvo da campanha de vacinação que seguiu até esta sexta-feira, 1º.

Segundo dados preliminares da Sesa, até às 9 horas do dia 1º, 86% dos grupos prioritários haviam sido vacinados. O número é um pouco inferior à meta de 90%. No ranking de vacinação dos estados, o Ceará ocupa a terceira posição, atrás somente de Goiás e Amapá que já cumpriram a meta.
Saiba mais:
Síndrome Respiratória Aguda
-Acontece quando o indivíduo apresenta quadro de febre, acompanhada de tosse e/ou dor de garganta por ao menos sete dias e falta de ar.
Fonte: O POVO.

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 25 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalha atualmente na Rádio Paraíso FM-101,1 Mhz, com o Programa FORRONEJO e em 2018 estreamos com o Programa A HORA DA NOTÍCIA, a partir das 12 hs. Participo ainda do Programa Alô Alô Zona Norte na Rádio Tupinambá de Sobral, com o quadro "moendo a notícia", onde faço comentários sobre os principais fatos da nossa política.

Deixe um comentário

Anuncie aqui!

Faculdades Uninta

Faculdades Uninta

Image and video hosting by TinyPic

Curta nossa página

Veja posts mais antigos

Fale conosco

Hora certa

A voz de Sobral em Brasília

Deputado Federal Moses Rodrigues

Parceiros do Blog

Tel: (88) 3611-4536

MAIS DE 20 ANOS DE SUCESSO

Rua cel. Ernesto Deocleciano, 660 - centro - Sobral - ceará

Fone: (88)3613-2127



Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player


Forronejo na Fm Paraíso