fev
2
2018

BRASIL – MUITO SÉRIO: Metade da população carcerária está armada, aponta relatório.

Rio – Varredura do governo federal em 31 presídios de sete estados do Norte e Centro-Oeste do país revela um dado alarmante: metade da população carcerária está armada. O relatório aponta que, dos 22 mil presidiários monitorados, 11 mil possuem armas brancas, como facas, ou até mesmo armas de fogo (minoria).

Para fazer o levantamento, o Ministério da Defesa utilizou aparelhos de raio-X, scanners, câmeras e drones (câmeras acopladas a mini-helicópteros). A inspeção foi iniciada pelas Forças Armadas há seis meses, concluída no fim do ano passado e passou por sete estados que solicitaram a ajuda do governo federal. “Foram usados equipamentos de última geração adquiridos para a Olimpíada (de 2016). Qualquer estado pode solicitar a varredura”, afirma o ministro Raul Jungmann (PPS).

Curiosamente…

O Palácio Guanabara não pediu ao governo federal que fizesse a varredura nos presídios do Rio. Ainda é tempo. Não ver o problema não o torna inexistente.

‘Acordo’

O governo federal encontrou celulares, radiotransmissores, fogões, freezers e até geladeiras dentro de celas. Indagado sobre como uma geladeira entrou na cadeia, Jungmann foi direto: “Isso não seria possível sem algum tipo de acordo tácito entre o sistema prisional e as gangues que estão lá dentro e controlam esses presídios.”

Último levantamento/Via Agencia Brasil.

Os dados são do Levantamento Nacional de Informações Penitenciárias (Infopen) divulgados em dezembro de 2017, em Brasília, pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen), do Ministério da Justiça.

O total de pessoas encarceradas no Brasil chegou a 726.712 em junho de 2016. Em dezembro de 2014, era de 622.202. Houve um crescimento de mais de 104 mil pessoas. Cerca de 40% são presos provisórios, ou seja, ainda não possuem condenação judicial. Mais da metade dessa população é de jovens de 18 a 29 anos e 64% são negros.

O sistema prisional brasileiro tem 368.049 vagas, segundo dados de junho de 2016, número estabilizado nos últimos anos. “Temos dois presos para cada vaga no sistema prisional”, disse o diretor-geral do Depen, Jefferson de Almeida. “Houve um pequeno acréscimo nas unidades prisionais, muito embora não seja suficiente para abrigar a massa carcerária que vem aumentando no Brasil”, afirmou

De acordo com o relatório, 89% da população prisional estão em unidades superlotadas. São 78% dos estabelecimentos penais com mais presos que o número de vagas. Comparando-se os dados de dezembro de 2014 com os de junho de 2016, o déficit de vagas passou de 250.318 para 358.663.

A taxa de ocupação nacional é de 197,4%. Já a maior taxa de ocupação é registrada no Amazonas: 484%.

Coluna do Paulo Capelli/O Dia.

Com Agencia Brasil

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 20 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalha atualmente nas Rádios Paraíso FM-101,1 Mhz, com o Programa FORRONEJO e na Rádio Coqueiros FM -95,3 Mhz, no Programa HORA DA NOTÍCIA. Participo do Programa Alô Alô Zona Norte na Rádio Tupinambá AM de Sobral, com o quadro "moendo a notícia", onde faço comentários sobre os principais fatos da nossa política.

Deixe um comentário

Anuncie aqui!

Faculdades Uninta

Faculdades Uninta

Image and video hosting by TinyPic

Curta nossa página

Veja posts mais antigos

fevereiro 2018
S T Q Q S S D
« jan   mar »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728  

Fale conosco

Hora certa

A voz de Sobral em Brasília

Deputado Federal Moses Rodrigues

Parceiros do Blog

Tel: (88) 3611-4536

MAIS DE 20 ANOS DE SUCESSO

Rua cel. Ernesto Deocleciano, 660 - centro - Sobral - ceará

Fone: (88)3613-2127



Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player


Forronejo na Fm Paraíso