jan
29
2018

CEARÁ – 3º CASO: Bandidos fazem casal refém e explodem banco em Solonópole.

Na madrugada deste domingo (28), moradores do município de Solonópole, a 275 km de Fortaleza, viveram momentos de tensão. De acordo com a Polícia, um grupo de pelo menos 10 homens sitiou a cidade, fizeram refén, atiraram contra a delegacia de polícia e explodiram uma agência bancaria.

Ainda segundo a polícia, o grupo de pelo menos 10 homens em três carros e duas motos suspeitas, invadiram a cidade por volta das 02h da manhã, fizeram um casal de refém e explodiram uma agência do Banco Bradesco. A polícia informou também que, os bandidos realizaram mais de 20 disparos contra o prédio da delegacia. De acordo com um dos inspetores, os tiros foram disparados de pelo menos três calibres diferentes, uma escopeta 212, uma pistola.40 e um fuzil), deixando todos os policiais presos no estabelecimento.

Durante a ação dos bandidos ninguém saiu ferido. A polícia investiga o caso para saber o que foi levado pela quadrilha e descobrir se os bandidos são do Ceará, ou se vinheram de outro Estado, já que o município fica próximo da divisa com o Rio Grande do Norte.

A polícia também suspeita que o grupo seja responsável por invadir na mesma madrugada, o fórum de Jaguaretama, onde armas foram levadas e paredes pichadas com siglas de uma facção criminosa. Até o momento ninguém foi preso.

O bando não teria conseguido levar nenhum dinheiro, mas deixaram um estrago grande e deixado a população apavorada. Esse é o terceiro ataque a bancos no Ceará em 2018.

Fonte: CNews.

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 25 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalha atualmente na Rádio Paraíso FM-101,1 Mhz, com o Programa FORRONEJO e em 2018 estreamos com o Programa A HORA DA NOTÍCIA, a partir das 12 hs. Participo ainda do Programa Alô Alô Zona Norte na Rádio Tupinambá de Sobral, com o quadro "moendo a notícia", onde faço comentários sobre os principais fatos da nossa política.

Deixe um comentário