nov
11
2017

CEARÁ – SAÚDE ZERO: Chikungunya já matou 136 pessoas no Ceará em 2017.

Sobe para 136 o número de óbitos por chikungunya no Estado. De acordo com o último boletim epidemiológico das arboviroses da Secretaria de Saúde do Estado (Sesa), referente a semana epidemiológica (SE) 44, as mortes foram registradas em 17 municípios. No estudo anterior, publicado em outubro e referente a SE 39, eram 117.
A Capital lidera com 105 óbitos confirmados por chikungunya, seguida por Caucaia (5), Acopiara (3), Aracati (3), Maracanaú (3) e Maranguape (3). Beberibe, Itapajé e Senador Pompeu notificaram dois óbitos cada e Jaguaretama, Marco, Morada Nova, Pacajus, Piquet Carneiro, Trairi, Umirim e Viçosa tiveram um registro cada.
Os casos notificados também subiram. Em outubro eram 130.920 suspeitas de chikungunya. Destes, 70,8%, cerca de 92.752, confirmados e 14,4% ( 18.925) descartados. Atualmente, são 134.223 notificações, sendo 71,7% (96.299) foram confirmados e 15,6% (20.971) descartados. Dos 184 municípios cearenses, apenas 4 não notificaram casos suspeitos de chikungunya e 91,1% (164) têm casos confirmados.
Arboviroses
As altas notificações das arboviroses no Estado- dengue, zika e chikungunya- revelam o cenário epidêmico. Até a SE 44, a incidência acumulada de casos notificados para arboviroses é de 2.411,1 casos por 100 mil habitantes, distribuídos em 183 dos 184 municípios, caracterizando um cenário epidêmico no Estado.  109 municípios apresentava incidência acima de 300 casos notificados por 100 mil habitantes, considerados com alta incidência.
Este ano,  foram notificados 78.591 casos de dengue no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan), correspondendo a uma taxa de incidência acumulada no Estado de 876,7 casos por 100 mil habitantes. Apenas um município não registrou caso de dengue no Estado.
Foram confirmados 30,2% (23.798/78.591) dos casos em 86,8% (159/183) dos municípios. Foram identificados vinte (20) municípios com altas incidências: Acopiara, Alto Santo, Brejo Santo, Farias Brito, Horizonte, Iracema, Quixeramobim, Tabuleiro do Norte, Milagres, Fortaleza, Várzea Alegre, Mauriti, Icó, Granjeiro, Irauçuba, Solonópoles, Jaguaretama, Umari, Potiretama e Jaguaribara.
Dentre as confirmações,  16 óbitos, 87 são  casos de dengue com sinais de alarme (DCSA) e 24 de dengue grave (DG). O boletim epidemiológico mostra ainda que, analisando o cenário epidemiológico das três Arboviroses, nas últimas cinco semanas, observa-se uma redução dos casos associada, possivelmente, à sazonalidade das doenças e à redução dos suscetíveis.
Fonte: Diário do Nordeste.

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 20 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalha atualmente nas Rádios Paraíso FM-101,1 Mhz, com o Programa FORRONEJO e na Rádio Coqueiros FM -95,3 Mhz, no Programa HORA DA NOTÍCIA. Participo do Programa Alô Alô Zona Norte na Rádio Tupinambá AM de Sobral, com o quadro "moendo a notícia", onde faço comentários sobre os principais fatos da nossa política.

Deixe um comentário

Faculdades Inta

Faculdades Uninta

Image and video hosting by TinyPic

Curta nossa página

Veja posts mais antigos

novembro 2017
S T Q Q S S D
« out    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Fale conosco

Hora certa

A voz de Sobral em Brasília

Deputado Federal Moses Rodrigues

Parceiros do Blog

Tel: (88) 3611-4536

MAIS DE 20 ANOS DE SUCESSO

Rua cel. Ernesto Deocleciano, 660 - centro - Sobral - ceará

Fone: (88)3613-2127



Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player


Nosso Acessos

Contador de visitas y estadísticas

Forronejo na Fm Paraíso