out
30
2017

CEARÁ – Polícia do Ceará é a 2ª que mais morre e a 13ª que mais mata no país.

A polícia do Ceará é a segunda que mais morre e a 13ª do país que mais mata em intervenções das forças de segurança, de acordo com a 11ª Edição do Anuário do Fórum Brasileiro de Segurança, divulgado nesta segunda-feira (30). Em 2016, 26 policiais, entre civis e militares, foram assassinados no estado; 109 pessoas morreram em consequência de intervenção policial.

Comparando o número de mortes de policiais pela população, o Ceará tem uma taxa de 1,4 mortes de agentes de segurança para cada 100 mil habitantes, o segundo maior índice do país. O Ceará fica atrás apenas do Rio de Janeiro, com 2,3.

Já o índice de população morta em ações policiais é de 1,2 para 100 mil habitantes, de acordo com os dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Em todo o país, foram 4.224 mortos por policiais em 2016 e 437 policiais foram assassinados.

A ação policial aparece como segunda maior causa de óbitos violentos no Ceará, atrás apenas de homicídios. Em 2016 foram mortas por policiais 109 pessoas. O número é 26% superior às 86 mortes causadas pelas forças de segurança em 2015, no Ceará.

Média de 10 mortes por dia

O Ceará registrou 3.566 mortes violentas intencionais em 2016. Se comparados com os registros de 2015, os números são considerados positivos, uma vez que registram queda de 14,2%. Em 2015, o número de mortes violentas intencionais chegou a 4.130. Mesmo com a queda, os números seguem preocupantes, uma vez que representam 9,8 mortes por dia no estado.

A maior parte dessas mortes foi enquadrada como homicídio doloso. Foram 3.334 casos no ano passado, com queda de 15,6% em relação aos 3.334 crimes do mesmo tipo praticados em 2015.

Os roubos seguidos de morte vitimaram 88 pessoas em 2016. Em 2015, foram registrados 65 latrocínios no estado, um crescimento de 35,3%. Considerando as lesões corporais seguidas de morte, também houve aumento de 12,9% no número de ocorrências: de 31 mortes, em 2015, para 35, no ano seguinte. As mortes de policiais fora de serviço também cresceram, de 10 casos, em 2015, para 17, em 2016, crescimento de 70%.

Fonte: G1.CE

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 20 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalha atualmente nas Rádios Paraíso FM-101,1 Mhz, com o Programa FORRONEJO e na Rádio Coqueiros FM -95,3 Mhz, no Programa HORA DA NOTÍCIA. Participo do Programa Alô Alô Zona Norte na Rádio Tupinambá AM de Sobral, com o quadro "moendo a notícia", onde faço comentários sobre os principais fatos da nossa política.

Deixe um comentário

Faculdades Inta

Faculdades Uninta

Image and video hosting by TinyPic

Curta nossa página

Veja posts mais antigos

outubro 2017
S T Q Q S S D
« set   nov »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Fale conosco

Hora certa

A voz de Sobral em Brasília

Deputado Federal Moses Rodrigues

Parceiros do Blog

Tel: (88) 3611-4536

MAIS DE 20 ANOS DE SUCESSO

Rua cel. Ernesto Deocleciano, 660 - centro - Sobral - ceará

Fone: (88)3613-2127



Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player


Nosso Acessos

Contador de visitas y estadísticas

Forronejo na Fm Paraíso