ago
3
2017

CEARÁ – OPINIÃO: Enquanto isso… Temer vai ficando

Com o título “Enquanto isso, Temer vai ficando”, eis artigo do jornalista Plínio Bortolotti, que pode ser conferido no O POVO desta quinta-feira. “Existe também uma espécie de conformismo de alguns setores da sociedade que entendam não valer a pena investir contra Temer a pouco menos de ano e meio para o fim de seu mandato”, diz o texto Confira: 

Com a popularidade no limite da margem de erro, uma acusação de corrupção passiva e outra à frente, que pode incriminá-lo por obstrução à Justiça, o que mantém o presidente Michel Temer no comando do País? Ontem, por exemplo, a denúncia que poderia torná-lo réu, afastando-o da Presidência, foi barrada da Câmara dos Deputados.

Uma das colunas de sustentação de Temer são os seus titereiros profissionais, que sabem manipular os cordéis da política sem nenhum tipo de escrúpulo. Depois, o presidente instituiu uma espécie de parlamentarismo distorcido, na qual garante o apoio do Congresso à custa da concessão de emendas parlamentares e da oferta de favores (à custa do dinheiro público), como forma de domesticar bancadas atuantes no Congresso, como a dos ruralistas.

Existe também uma espécie de conformismo de alguns setores da sociedade que entendam não valer a pena investir contra Temer a pouco menos de ano e meio para o fim de seu mandato. Outros, não por conformismo, mas por cálculo político, preferem deixar a coisa correr, vendo a indignação contra o presidente aumentar dia a dia. Esses esperam surgir em 2018 como o contraponto perfeito ao destroço provocado por Temer nas áreas sociais. Parece ser o caso de pelo menos um setor importante do PT.

Acrescente-se a ausência dos movimentos que atuaram fortemente no impeachment de Dilma Rousseff, mas recusam-se a fazer a “dancinha da corrupção” para o governo. Mesmo depois de Temer ter sido flagrado em animada troca de ideias com um “bandido notório” no escurinho do Palácio do Jaburu. A esses movimentos, só resta agora rever um de seus bordões: “Nós não temos bandidos de estimação”.

A esquerda, porém, também não consegue mobilizar a rua, mas esta é uma senhora imprevisível. Ninguém esperava “revolta dos 20 centavos” contra o aumento nas passagens de ônibus. A gasolina aumentou 40.

*Plínio Bortolotti

plinio@opovo.com.br
Jornalista do O POVO

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 20 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalha atualmente nas Rádios Paraíso FM-101,1 Mhz, com o Programa FORRONEJO e na Rádio Coqueiros FM -95,3 Mhz, no Programa HORA DA NOTÍCIA. Participo do Programa Alô Alô Zona Norte na Rádio Tupinambá AM de Sobral, com o quadro "moendo a notícia", onde faço comentários sobre os principais fatos da nossa política.

Deixe um comentário

Faculdades Inta

Faculdades Uninta

Image and video hosting by TinyPic

Curta nossa página

Veja posts mais antigos

agosto 2017
S T Q Q S S D
« jul   set »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Fale conosco

Hora certa

A voz de Sobral em Brasília

Deputado Federal Moses Rodrigues

Parceiros do Blog

Tel: (88) 3611-4536

MAIS DE 20 ANOS DE SUCESSO

Rua cel. Ernesto Deocleciano, 660 - centro - Sobral - ceará

Fone: (88)3613-2127



Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player


Nosso Acessos

Contador de visitas y estadísticas

Forronejo na Fm Paraíso