maio
19
2017

SOBRAL – A diferença do LISO e o ESTRIBADO: Vereador Cumpade Bony volta atrás, não mais devolverá o “Carro da Câmara Municipal”.

A diferença entre o LISO e o ESTRIBADO…

Na seção da última terça feira(16/05), dois vereadores anunciaram, em alto e bom tom, que iriam devolver os veículos da Câmara Municipal que estavam no poder dos parlamentares sobralenses. Foram os vereadores Joaquim Feijão e Cumpade Bony.

No final da seção, o vereador Joaquim Feijão cumpriu com a sua palavra e mandou um assessor devolver as chaves do veículo ao presidente da Casa, Vereador Paulo Vasconcelos.

Já o Vereador Cumpade Bony(PR), que teria afirmado que também iria devolver o carro na manhã da quarta feira(17), quando foi informado pela imprensa, que junto ao veículo, o ” CARTÃO DA GASOLINA” também teria que ser devolvido,  soube, que o vereador tomou um susto, respirou forte e afirmou que iria repensar no que falou no plenário da Casa na Sessão do dia anterior: “Se eu tiver que devolver também o cartão do combustível, aí então eu terei que voltar atrás no que falei. Não vejo problema nenhum. Vou rever isso, conversar com o nosso presidente, Paulo Vasconcelos, e posso, sim, voltar atrás no que falei“, disse o vereador.

O Cartão do Combustível concede a cada Vereador o direito de usar até R$ 2.000,00 (Dois Mil reais) mensais no uso do combustível, o que multiplicando por 21 parlamentares, deixa uma conta a ser paga pela Câmara Municipal de R$ 42.000,00(Quarenta e dois Mil reais) mensais. Ressaltar que a conta da mesa diretora pode ser diferenciada, o que pode acrescentar ainda mais essa conta.

Essa é a diferença do LISO e do ESTRIBADO. O Vereador Joaquim Feijão(PDT) não aceitou o fato de um “assessor” de seu gabinete andar fazendo “Cavalo de Pau” no Carro da Câmara e preferiu evitar qualquer desgaste político sobre seu mandato e mandou devolver o veículo.

O Cumpadre Bony(PR) é Vereador da Zona Rural, representa o distrito de Aracatiaçu. E por ser uma pessoa humilde não teria as mesma condições de bancar por conta própria o “combustível” do seu mandato. Cumpade Bony teve uma campanha difícil e por pouco não se elege.

Volta á trás parece ser a melhor atitude. Mas com o devido “Zelo ao bem público”, caso contrário a presidência da Casa Legislativa deverá tomar as medidas cabíveis. Afinal aquela conta quem paga é o POVO.

Fonte: Sobral Agora com Conexão Noticia.

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 20 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalha atualmente nas Rádios Paraíso FM-101,1 Mhz, com o Programa FORRONEJO e na Rádio Coqueiros FM -95,3 Mhz, no Programa HORA DA NOTÍCIA. Participo do Programa Alô Alô Zona Norte na Rádio Tupinambá AM de Sobral, com o quadro "moendo a notícia", onde faço comentários sobre os principais fatos da nossa política.

Deixe um comentário