abr
19
2017

SOBRAL – As verdades ditas sobre Sobral, no discurso do Vereador Adauto Arruda(PMDB).

Confira o resumo do discurso proferido pelo Vereador Adauto Arruda(PMDB) durante a 18ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Sobral. 

Terceiro orador inscrito para fazer uso da Tribuna, foi o vereador. Adauto Izidoro Arruda. Sauda os presentes. Informa que ontem esteve em um programa de rádio para o lançamento do livro da história radiofônica de Sobral, de autoria do Senhor Lima. Diz que o Senhor Lima tem a pretensão de lançar um livro sobre a história legislativa sobralense. Apresenta um vídeo, em Power Point, que diferencia aluno de estudante. Comenta que alguns alunos da rede pública só vão à escola para merendarem, por isso tem muitos alunos e poucos estudantes. Teceu críticas a um professor que não soube interpretar o que ele disse na Tribuna do dia 10/04/2017. Comunica que o ex-secretário Marcos Villas Boas fez um levantamento durante três meses para escrever o artigo sobre a educação sobralense. Diz que o currículo do ex-secretário é tão grande que foi entregue em pen drive. Analisa criticamente a seleção para Secretaria Dos Direitos Humanos, Habitação E Assistência Social, pois já tem mais de 3.000 inscritos e o processo seletivo ocorrerá por análise curricular. Relata que hoje às 11:50 hs tinha uma fila enorme na Casa do Cidadão, pois mesmo chovendo as pessoas estavam esperando o órgão mencionado abrir para entregar a documentação necessária à seleção. Informa que tentou entrevistar alguém da fila, mas se recusaram, pois tinham medo de retaliação. Diz que algumas pessoas não têm nem o comer em casa e era preciso dois quilos de alimentos para participar da seleção. Diz que há um comentário que as pessoas concursadas do Estado estão sofrendo procrastinação durante dois anos para desistirem dos seus cargos e assim serem contratadas outras pessoas nos seus lugares. Lembra que durante o comício do Moses Rodrigues, no Sumaré, o mesmo disse que iria fazer uma auditoria dos últimos 20 anos para realizar uma investigação de roubo em Sobral. Exibe vídeo das pessoas esperando a Casa do Cidadão abrir para entregarem a documentação para a seleção. Reitera que não está questionando seleção ou terceirização, está questionando a maneira como as pessoas foram desrespeitadas. Mostra o vídeo de um senhor, o qual realizou uma pergunta ao prefeito Ivo Gomes, durante a audiência pública sobre mobilidade urbana organizada pela prefeitura. Comenta que a pergunta do senhor foi sobre quando irá ser implantado o serviço do UBER na cidade e o prefeito responder rispidamente. Diz que o transporte público de Sobral é uma vergonha. Fala que o Ivo Gomes foi parabenizado, mas quem merece ser parabenizado é ele, pois está desde o ano passado querendo uma audiência para discutir sobre mobilidade urbana. Nega que trabalha na pressão do chicote. Diz que não sabe para quê tanta arrogância do prefeito. Indaga se o Ivo Gomes se esqueceu de tomar o remédio. Exprime que o Senhor Ivo Gomes não está preparado para ser prefeito de Sobral, pois ou ele não leva desaforo para casa ou ele sofre de desequilíbrio emocional. Faz a leitura do que debateria na audiência pública, na qual a Secretária Marilia Gouveia não participou. 9 Durante a sua leitura discorreu sobre: mobilidade urbana em Sobral; planejamento urbano; mobilidade sustentável; crescimento desordenado da cidade; buracos nas ruas; necessidade de mobilidade aos bairros mais distantes; poucas ciclovias em Sobral; não cumprimento da lei do vale-transporte e da implantação dos taxímetros; transporte público de mentirinha; descaso no transporte aéreo, o qual impede o desenvolvimento da área urbana circunvizinha; horário de funcionamento dos transportes de cargas; o funcionamento do VLT; precariedade da fiscalização da prefeitura; grande concorrência de flanelinhas; estacionamentos irregulares; a falta de estacionamentos no centro; área fluvial precária, em que os barqueiros não têm treinamento e seus passageiros não utilizam de colete salva-vidas. Comenta que tem quase 800 moto táxis inscritos e, ainda, os piratas. Comunica a Marilia Gouveia que a mobilidade urbana não se enquadra só a ela, mas deve haver proposta que viabilize o fluxo, diminuindo os gargalos existentes. Comenta que o prefeito conseguiu uma verba de R$ 1.500.000,00, verba que foi doada por uma empresa espanhola. Informa que a prefeitura fez um levantamento, no qual foram apurados os seguintes dados: há 62% de deslocamento no centro, sendo 63% motorizado e 11% a pé; 11% utilizam bicicleta; 11,6% transporte público; há 95% de deslocamento dentro da cidade; 46.304 veículos rodam dentro da cidade e 51.000 saindo de Sobral. Relata que foi feita uma pesquisa com 1077 pessoas que andam a pé ou de bicicleta, as mesmas solicitarão novas ciclovias e locais para guardarem as bicicletas. Informa que é necessária a integração com o transporte pluvial, VLT e ônibus, pois é importante o transporte coletivo eficiente. Fala que o VLT não alcança nem a periferia e nem o centro. Diz que foi sugerida a bicicleta compartilhada, porém em Sobral elas seriam roubadas e o programa não funcionaria. Critica a ausência de locomoção para o deficiente físico. Relata a história de uma senhora deficiente, na qual a mesma falou que as pessoas riem dela por andar em cadeira de rodas. Reitera que o prefeito mencionou que a questão do UBER era para ser resolvida nesta Casa. Diz não acreditar que algum vereador entrará com o projeto desse tipo, pois nem a lei dos taxímetros é obedecida. Teceu críticas sobre a falta de iluminação em algumas vias e a não utilização de alguns semáforos. Ressalta que o Hospital Regional era para ter sido construído na BR 222 e o vapt-vupt não deveria funcionar no mercado. Lembra que no vapt-vupt só tem três estacionamentos. Aparteado pelos vereadores: José Vytal Arruda Linhares, Estevão Ponte Filho, Ailton Marcos Fontenele Vieira. O edil Ailton Marcos Fontenele Vieira cedeu o seu tempo na Tribuna para o vereador Adauto Izidoro Arruda.

(Resumo extraído do site da Câmara Municipal de Sobral)

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 20 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalha atualmente nas Rádios Paraíso FM-101,1 Mhz, com o Programa FORRONEJO e na Rádio Coqueiros FM -95,3 Mhz, no Programa HORA DA NOTÍCIA. Participo do Programa Alô Alô Zona Norte na Rádio Tupinambá AM de Sobral, com o quadro "moendo a notícia", onde faço comentários sobre os principais fatos da nossa política.

Deixe um comentário

Faculdades Inta

Faculdades Uninta

Image and video hosting by TinyPic

Curta nossa página

Veja posts mais antigos

Fale conosco

Hora certa

A voz de Sobral em Brasília

Deputado Federal Moses Rodrigues

Parceiros do Blog

Tel: (88) 3611-4536

MAIS DE 20 ANOS DE SUCESSO

Rua cel. Ernesto Deocleciano, 660 - centro - Sobral - ceará

Fone: (88)3613-2127



Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player


Nosso Acessos

Contador de visitas y estadísticas

Forronejo na Fm Paraíso