mar
31
2017

SOBRAL – EXPLICAÇÕES? Estagiários da “Educação premiada de Sobral” estão sem receber pagamento e ameaçam parar o serviço.

Bomba!!!

A premiada educação de Sobral está caminhando para uma “Zona de risco”. Estagiários que substituem professores, sem receber pagamento ameaçam parar o serviço. 

Centro de Educação Infantil Vila União.

O problema é simples e fácil de resolver, mas a prefeitura está complicando demais e isso já está causando problemas sérios. A prefeitura demitiu muitos professores e hoje uma sala de aula com 30 crianças tem apenas um professor(eram dois) acompanhado por um estagiário das Faculdades de Pedagogia de Sobral, que recebem para este “serviço” apenas uma bolsa no valor de R$ 300,00. Soube que a prefeitura demitiu vários professores e contratou uma empresa que trabalha com estagiários(Centro Integrado Empresa-Escola), que teria contratado pelo mesmos 200 estagiários para substituir o “segundo professor na sala de aula”.

O problema é que o estagiário não é funcionário da Prefeitura, portanto o compromisso com a “propagada educação Nota 10 de Sobral” não tem o mesmo incentivo do professor contratado, embora o trabalho seja praticamente o mesmo, sendo que a responsabilidade pelos alunos é do professor da Prefeitura. E para piorá a situação, os estagiários que começaram a trabalhar em fevereiro, até hoje, não receberam nenhum pagamento. 

GREVE – Soube que o movimento reivindicatório dos estagiários está prometendo, de que, se não pagarem nesta sexta feira(31), na segunda feira é greve geral, o movimento já tem adesão de mais de 153 estagiários. O Secretário de Educação, Herbert Lima, deve ser visitado nesta sexta feira, por um grupo organizado de estagiários e deve ouvir algumas verdades.

Tive informações que a prefeitura desde a semana passada, promete pagar e não efetua o pagamento desses estagiários.

Com relação ao trabalho nas Escolas, soube que o “sufoco” é grande. O professor sozinho para dar conta de 30 crianças na sala de aula, faixa etária de 3 a 5 anos, requerendo muito atenção, o que humanamente se torna impossível. Não é uma tarefa fácil, os diretores estão calados, mas sabem desse sufoco. Até água para os professores estão sendo levado de casa, onde cada um leva sua “garrafinha”. Cafezinho aqui é luxo.

Acho que essa história de “economizar com educação” é de lascar. Tenho a impressão que a Prefeitura de Sobral tem outras formas de economizar, que não seja penalizando o já “penalizado professor”.

Torcemos que isso seja resolvido… !!!

Estamos abertos á explicações…

Fonte: Sobral Agora. 

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 20 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalha atualmente nas Rádios Paraíso FM-101,1 Mhz, com o Programa FORRONEJO e na Rádio Coqueiros FM -95,3 Mhz, no Programa HORA DA NOTÍCIA. Participo do Programa Alô Alô Zona Norte na Rádio Tupinambá AM de Sobral, com o quadro "moendo a notícia", onde faço comentários sobre os principais fatos da nossa política.

Deixe um comentário