jan
17
2017

CEARÁ -FISCALIZAÇÃO: TCM esteve na Prefeitura Municipal de Santa Quitéria na tarde desta segunda feira(16).

É disso que eles tinham medo!!

O TCM volta a fiscalizar as prefeituras do Ceará e tomar conhecimento dos “desmandos” cometidos pelos gestores que acabaram de sair das prefeituras. O TCM não está sozinho nessa missão.

aboa aatcm

Uma equipe de fiscalização do Tribunal de Contas dos Municípios esteve na tarde desta segunda (16), no Paço Municipal de Santa Quitéria(CE).
A visita ocorre ao mesmo tempo que inicia a operação especial do órgão para averiguar a emissão de decretos de emergência por Prefeituras municipais no Estado.
A ação ocorre em parceria com o Ministério Público do Estado do Ceará e tem como objetivo avaliar a situação vigente em cada município por meio da análise das contratações porventura decorrentes da situação de anormalidade, e se os princípios constitucionais e as normas correlatas foram observadas, como a Lei do Orçamento e a Lei das Licitações.
Nesta primeira semana da operação serão inspecionados seis municípios pela equipe técnica do TCM, acompanhados de promotores de Justiça e membros da Procuradoria de Justiça dos Crimes contra a Administração Pública (Procap). A ação deve seguir até a metade do mês de fevereiro.
Os critérios utilizados para a seleção dos municípios levam em consideração a matriz de risco da equipe de fiscalização do TCM, informações das prestações de contas, publicações oficiais, portais de transparência e dados do Ministério Público.
(Via site a voz de Santa Quitéria)

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 25 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalha atualmente na Rádio Paraíso FM-101,1 Mhz, com o Programa FORRONEJO e em 2018 estreamos com o Programa A HORA DA NOTÍCIA, a partir das 12 hs. Participo ainda do Programa Alô Alô Zona Norte na Rádio Tupinambá de Sobral, com o quadro "moendo a notícia", onde faço comentários sobre os principais fatos da nossa política.

Deixe um comentário