ago
12
2013

BRASIL – “Sepultar sem a declaração de óbito causa prejuízo para a família”, orienta consultora técnica.

A CERTIDAO BOA

Sepultar uma pessoa sem a Declaração de Óbito pode gerar prejuízos difíceis de serem revertidos. As orientações foram repassadas na Oficina de Qualificação das Ações de Vigilância de Óbitos e Sistemas SIM/SINASC, que aconteceu durante essa semana no auditório da IV Ursap, em Caicó.

“Quando uma pessoa morre, a família precisa procurar um médico para emitir a declaração de óbito, tanto para efeito de estatística quanto para os efeitos legais. Essa declaração é de uso exclusivo do médico, nenhum profissional pode emitir. A população não pode procurar um cemitério sem antes ter em mãos a D.O.”, disse Maria Antonieta, consultora técnica do RN.

De acordo com ela, os prejuízos são difíceis para reverter. “Sepultar sem uma declaração pode levar a vários prejuízos. Muitas vezes a família vai abrir um inventário ou a pessoa que morreu tem um seguro, tem bens, e nada disso pode ser desencadeado sem a declaração. Caso a pessoa seja sepultada sem esse documento aí só através da exumação, que é um procedimento mais trabalhoso”, explicou.

Fonte: Blog do Xerife.

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 25 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalha atualmente na Rádio Paraíso FM-101,1 Mhz, com o Programa FORRONEJO e em 2018 estreamos com o Programa A HORA DA NOTÍCIA, a partir das 12 hs. Participo ainda do Programa Alô Alô Zona Norte na Rádio Tupinambá de Sobral, com o quadro "moendo a notícia", onde faço comentários sobre os principais fatos da nossa política.

Deixe um comentário

Curta nossa página

Veja posts mais antigos

Fale conosco

Hora certa

A voz de Sobral em Brasília

Deputado Federal Moses Rodrigues

Parceiros do Blog

Tel: (88) 3611-4536

MAIS DE 20 ANOS DE SUCESSO

Rua cel. Ernesto Deocleciano, 660 - centro - Sobral - ceará

Fone: (88)3613-2127

Forronejo na Fm Paraíso