jun
28
2012

Rede Cegonha – Ceará terá R$ 229,3 milhões para aplicar.

A Rede Cegonha no Ceará, programa do Ministério da Saúde, vai receber R$ 229,63 milhões do governo federal para tocar suas primeiras ações. Os recursos vão beneficiar a população de 23 municípios e moradores das cidades vizinhas. O dinheiro será aplicado na melhoria das maternidades e das ações de assistência à mulher e à criança.

O senador José Pimentel (PT) defendeu junto ao Ministério que os recursos fossem reservados. Agora, trabalha no sentido de que as cidades contempladas cumpram todos os requisitos legais para receber a verba.

Seis municípios já habilitaram alguns dos serviços e estruturas para a implantação da Rede Cegonha. Por isso, já vão começar a receber a parte correspondente do dinheiro, em doze parcelas retroativas a maio deste ano. São eles: Fortaleza, Sobral, Brejo Santo, Juazeiro do Norte, Barbalha e Quixadá, que já estão aptos a receber, ao todo, R$ 50,6 milhões, conforme a Portaria nº 1.286, de 22 de junho de 2012.

A verba será usada no custeio de 27 Centros de Parto Normal e 22 Casas da Gestante, Bebê e Puérpera; na criação de 263 leitos de Gestação de Alto Risco, 70 leitos de UTI Adulto tipo II, 176 leitos de UTI Neonatal tipo II, 321 leitos de UCI Neonatal e 135 leitos de UCI Canguru. Também serão qualificados 203 leitos de Gestação de Alto Risco, 96 leitos de UTI adulto tipo II, 117 leitos de UTI Neonatal tipo II e 156 leitos de UCI Neonatal. Os outros 17 municípios estão em fase de habilitação de suas estruturas e serviços, como prevê o Plano de Ação da Rede Cegonha.

(Eliomar de Lima)

Fonte: Sobral Agora

About the Author: Bené Fernandes

Radialista com mais de 25 anos de militância em Sobral(CE), e agora Jornalista Profissional, Registro- 01657 MTb - datado de 23/12/2004. Trabalha atualmente na Rádio Paraíso FM-101,1 Mhz, com o Programa FORRONEJO e em 2018 estreamos com o Programa A HORA DA NOTÍCIA, a partir das 12 hs. Participo ainda do Programa Alô Alô Zona Norte na Rádio Tupinambá de Sobral, com o quadro "moendo a notícia", onde faço comentários sobre os principais fatos da nossa política.

Deixe um comentário